Recuperando-se da dengue, Diego Hypólito recebe alta

Ginasta brasileiro espera retomar treinamentos visando a disputa dos Jogos Olímpicos de Pequim

Redação,

08 de abril de 2008 | 16h13

Com o diagnóstico confirmado, o ginasta brasileiro, Diego Hypólito, recebeu alta do hospital Copa D'or, no Rio de Janeiro, nesta terça-feira, e continua sua recuperação, após contrair dengue, em sua residência. O bicampeão do mundo no solo foi internado na última quinta-feira, quando apresentava os primeiros sinais da dengue, que são dores musculares, febre, cansaço e fortes dores nas regiões oculares.Como de praxe, Hypólito passou pelo tratamento padrão em casos de dengue, com muita hidratação e repouso. Como o tratamento começara assim que os primeiros sinais foram detectados (a sorologia para comprovar a dengue foi realizada cinco dias após a internação), o atleta brasileiro não teve maiores complicações. Apesar da convalescença pedida pelos médicos aos pacientes que tiveram dengue, Diego Hypólito deve voltar ao cronograma original na próxima semana, uma vez que também se recupera de uma artroscopia no menisco do joelho direito. Já os treinamentos recomeçam no dia 23 deste mês. "Estou saindo do hospital sob orientação médica e vou continuar minha recuperação em casa. Estou bem tranqüilo e quero deixar claro, que não vai ser um mosquito que vai atrapalhar minha preparação para os Jogos Olímpicos de Pequim. Já passei por situações bem mais complicadas como a fratura no tornozelo em 2005, e meses depois fui campeão mundial - afirmou Diego.

Tudo o que sabemos sobre:
Diego HypólitodenguePequim2008

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.