Reforçar a defesa, a prioridade de Mano

Mano Menezes não se importou em assumir, no início do Paulista, que seu time jogava feio. Agora, o técnico não fica envergonhado em assumir que o Corinthians apostará na cautela diante do Santo André, às 16 horas, no ABC. A ordem é evitar riscos desnecessários. Nos últimos jogos a defesa foi muito exigida, pois ficou bastante exposta e, não fossem falhas dos rivais, a pontuação na tabela poderia ser um pouco mais baixa. Hoje, ela tem novo desafio.O lema agora é pontuar fora. "No ano passado ficamos fora das fases finais por um ponto. Temos de ir ao ABC e trazer ponto", advertiu o lateral Fabinho. Em 2008, o Corinthians foi eliminado ao perder, na rodada final, por 3 a 2 para o Noroeste, em Bauru.Faltam seis rodadas para o fim da primeira fase. Os próximos adversários ? Santo André e Santos ? são concorrentes diretos por uma das quatro vagas. Mano Menezes deu prioridade à defesa, com o intuito de acertá-la para evitar tropeços e desespero na reta final. "Temos de ?matar? os adversários diretos", disse. Mas, de acordo com sua teoria, "matar" não significa ter de vencer, mas manter distância.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.