Regata de Sydney-Hobart começa nesta 6ª

Apenas 57 veleiros - uma das menores flotilhas dos últimos 40 anos, porque ao longo do tempo os organizadores foram aumentando o preço das inscrições - estão inscritos para a regata anual Sydney-Hobart, que começa nesta sexta-feira. São barcos da Suécia, Grã-Bretanha e Estados Unidos, que disputarão uma das mais tradicionais - e perigosas - regatas oceânicas do mundo.A largada para as 628 milhas náuticas será dada por Gordon Elliott, de 87 anos, que participou da primeira competição de vela entre a cidade australiana e Hobart, que fica na ilha da Tasmânia, disputada em 1945, a bordo do barco "Kathleen Gillett".Nos últimos anos, os veleiros inscritos eram estrangeiros. O "Brindabella", que correu em 1997, foi o único barco australiano nos últimos oito anos a participar da prova - o vencedor de 1999, denominado "Nokia" era "combinado" entre australianos e finlandeses.O vencedor do ano passado, "Victor Alpha Romeo", era da Nova Zelândia. A melhor marca alcançada em toda a história da regata foi de um dia, 19 horas, 48 minutos e dois segundos, alcançada pelo "Nokia" de 60 pés. No ano anterior, 1998, a competição foi marcada por uma tragédia: seis tripulantes morreram com os ventos muito fortes e ondas muito altas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.