Regra nova, mais times na luta pelo título

Acabou o chamado trio de arbitragem no Campeonato Paulista. E esta não será a única novidade na competição que começa hoje. A Federação Paulista de Futebol mudou o regulamento e agora os 20 times brigarão por vagas nas quartas de final. Entre 2007 e 2010, os times iam direto para a semifinal.

Daniel Akstein Batista, O Estado de S.Paulo

15 de janeiro de 2011 | 00h00

Em vez de quatro, oito times vão seguir na luta pelo título após a disputa da fase inicial, em turno único. Os quatro melhores colocados terão a vantagem apenas no mando de campo nas quarta de final. Se a partida terminar empatada, o vencedor sairá da disputa dos pênaltis. A regra segue na semifinal e só muda na decisão, com jogos de ida e volta (dias 8 e 15 de maio). Quem tiver feito melhor campanha nas duas etapas anteriores terá a vantagem de decidir em casa.

A nova forma do torneio foi decidida para dar mais emoção e para tentar atrais mais público aos estádios. A FPF acredita que, assim, os jogos serão mais decisivos.

Os erros de arbitragem também devem diminuir em 2011. Assim como já ocorreu no Campeonato Carioca, a competição paulista contará com cinco juízes em campo, novidade já aprovada pelo Fifa. Os dois profissionais a mais ficarão posicionados atrás dos gols.

"Caipiras". O chamado Torneio do Interior segue neste ano. Até 2010, os quatro melhores times fora da capital e do litoral que não passassem da 1ª fase disputavam o título. Agora, essa minicompetição será definida após as quartas de final: os perdedores dessa fase ainda poderão sonhar em levantar ao menos um troféu na temporada, além de arrecadar um cheque de R$ 250mil entregue ao campeão. O título estadual vale R$ 2,5 milhões - o vice levará para casa R$ 600 mil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.