Mark Schiefelbein/AP Photo
Mark Schiefelbein/AP Photo

Reino Unido passa EUA no fim e leva o ouro no 4x100m medley

Equipe brasileira começou bem a prova, mas não conseguiu pódio e terminou na sexta colocação

Redação, Estadão Conteúdo

28 de julho de 2019 | 11h33

Em uma final espetacular, o Reino Unido ultrapassou os Estados Unidos no fim e conquistou o ouro no revezamento 4x100 metros medley do Mundial de Esportes Aquáticos, em Gwangju, na Coreia do Sul, que foi encerrado neste domingo. O Brasil começou bem, mas não conseguiu pódio e terminou a prova em sexto.

O Brasil teve um bom início, liderando a prova nos primeiros 50 metros, com Guilherme Guido, mas não conseguiu manter o ritmo inicial e encerrou a participação na final com o sexto melhor tempo: 3min30s87. Além de Guido, integraram o time brasileiro João Gomes Jr., Vinicius Lanza e Marcelo Chierighini, que havia sido poupado na semifinal e substituiu Breno Correia neste domingo.

Para derrubar a hegemonia dos Estados Unidos na prova, os britânicos assumiram a ponta nos últimos 20 metros com Duncan Scott e conquistaram o título. Os norte-americanos, que lideraram dois terços da prova, bateram em segundo, ficando com a prata, e a Rússia levou o bronze.

Com o segundo lugar dos Estados Unidos no 4x100m medley, Caeleb Dressel, grande estrela da natação mundial na atualidade e principal destaque individual em Gwangju, terminou a competição com seis ouros e duas pratas e tornou-se o atleta com o maior número de medalhas em uma só edição de Mundial, mas não conseguiu superar Michael Phelps como o maior vencedor da história do torneio.

Se a equipe norte-americana tivesse vencido a prova, Dressel encerraria a competição com sete ouros e uma prata, superando o que Phelps fez em Melbourne, na Austrália, em 2007, e o próprio feito que Dressel conquistou em Budapeste, na Hungria, em 2017.

Na disputa deste domingo, em que cada atleta nada 100 metros em um estilo, ele foi o terceiro a cair na água e fez a perna de borboleta. Em Gwangju, além da prata no 4x100m medley, Dressel foi campeão nos 50 metros e 100 metros livre, 50 metros e 100 metros borboleta, no revezamentos 4x100 metros livre e 4x100 metros medley misto e faturou a prata no 4x100 metros livre misto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.