Remo: "Vestibular" para formar Seleção

Cerca de 50 remadores iniciam nesta quarta-feira, em Saquarema, na Região dos Lagos, o "vestibular" para a seleção brasileira que disputará o Campeonato Sul-Americano, no Rio, em maio. Os atletas se apresentaram nesta segunda-feira à tarde, no Rio, ao técnico Arnaldo Brantes, que assumiu a equipe em setembro, após a saída do argentino Ricardo Ibarra."É um trabalho de garimpo. Estamos iniciando com um grupo de 52 remadores, dos quais 20 serão selecionados para fazerem parte do grupo que disputará o Sul-Americano", explicou Brantes. "Teremos em Saquarema remadores de todas as partes do Brasil e sabemos que, num país continental como o nosso, é preciso esse tipo de trabalho para que os talentos não sejam desperdiçados." A média de idade dos remadores que serão avaliados por Brantes é de 20 anos. E este é um fator que estimula ainda mais o treinador, porque esta faixa etária permite que os atletas possam participar da seleção por até dois ciclos olímpicos.Apesar desta primeira seletiva, Brantes frisou que um remador eventualmente desclassificado não deve entrar em desespero. O treinador lembrou que o trabalho de renovação iniciado tem por objetivo, principalmente, os Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio. Por isso, quem não for aproveitado terá outras oportunidades."Hoje o Brasil tem um grupo de sete remadores que fazem parte da seleção olímpica permanente. A nossa meta é atingir uma equipe de cerca de 30 remadores para os Jogos Pan-Americanos de 2007", contou Brantes.Até o dia 14, em Saquarema, os atletas passarão por avaliações médicas, psicológicas, além de testes ergométricos e técnicos. "A intenção é a de sempre ter uma geração de atletas para o presente e outra para o futuro."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.