Renan Barão defende cinturão dos galos no UFC 173

Atleta brasileiro aposta em preparo físico em combate com o norte-americano TJ Dillashaw

Lucas Gamboa, O Estado de S. Paulo

22 de maio de 2014 | 07h00

SÃO PAULO - No próximo sábado, o brasileiro Renan Barão entra no octógono do MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas, para defender seu cinturão dos galos no UFC 173. O atual campeão tem como seu desafiante o norte-americano TJ Dillashaw. Pela categoria, até 61kg, o brasileiro vai para a sua quarta defesa do cinturão e já acumula sete vitórias em seu cartel no UFC. Em toda a carreira, Barão lutou 34 vezes e perdeu apenas em sua estreia como lutador profissional, além de ter um combate sem resultado.

Aos 27 anos, Barão, que é tido como favorito na banca de apostas de Las Vegas, vem de uma sequência de 33 vitórias. O lutador realizou parte de sua preparação com a equipe Nova União, liderada por André Pederneiras, no Rio de Janeiro. Se depender da parte física, a previsão é de que o potiguar estará pronto para disputar os cinco rounds no evento principal do sábado.

Ainda pelo card principal, Daniel Cormier enfrenta o veterano Dan Henderson no duelo de meio-pesados, até 93kg. O último compromisso de Henderson pelo Ultimate foi contra o brasileiro Maurício Shogun, em Natal, Rio Grande do Norte. Na ocasião, Henderson desferiu boa sequência de socos em Shogun e nocauteou o brasileiro. O combate foi premiado como luta da noite e a performance do norte-americano foi considerada a melhor do evento. Antes, tinha sido nocauteado por Vitor Belfort, em Goiânia.

O card principal também traz os norte-americanos Robbie Lawler e Jake Ellenberger, que se enfrentam na categoria dos meio-médios, até 77kg. Já na categoria dos galos, que tem o brasileiro Renan Barão como campeão, Takeya Mizugaki faz um combate sem favoritos com o mexicano Francisco Rivera. E, pelos leves, até 70kg, Jamie Varner enfrenta o desafiante James Krause.

CARD PRELIMINAR

O piauiense Francisco Massaranduba, dos leves, entra no octógono pela última luta do card preliminar. Vindo de vitória sobre o canadense Jesse Ronson, após decisão dividida dos árbitros. Neste sábado, Massaranduba faz o seu sétimo combate no UFC. O cartel do lutador na franquia é de seis lutas, quatro vitórias e duas derrotas. Na carreira, o piauiense, especialista em finalizar os adversários com chave de braço, possui 17 lutas com 14 vitórias e três derrotas.

UFC 173

24 de maio de 2014, em Las Vegas (EUA)

CARD PRINCIPAL

Peso-galo: Renan Barão x TJ Dillashaw

Peso-meio-pesado: Dan Henderson x Daniel Cormier

Peso-meio-médio: Robbie Lawler x Jake Ellenberger

Peso-galo: Takeya Mizugaki x Francisco Rivera

Peso-leve: Jamie Varner x James Krause

CARD PRELIMINAR

Peso-leve: Michael Chiesa x Francisco Massaranduba

Peso-leve: Tony Ferguson x Katsunori Kikuno

Peso-galo: Chris Holdsworth x Chico Camus

Peso-leve: Al Iaquinta x Mitch Clarke

Peso-leve: Anthony Njokuani x Vinc Pichel

Peso-pena: Sam Sicilia x Aaron Phillips

Peso-meio-médio: David Michaud x Li Jiangliang

Tudo o que sabemos sobre:
UFCRenan BarãommaTJ Dillashaw

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.