Divulgação
Divulgação

Renato Augusto estreia na seleção já como titular contra a França

Mano Menezes procura por jogadores de meio-de-campo que possam substituir Ganso e Kaká

AE, Agência Estado

07 de fevereiro de 2011 | 20h43

SÃO PAULO - Desde que Paulo Henrique Ganso se contundiu, Mano Menezes ainda não conseguiu encontrar nenhum meia armador que fizesse o papel do santista na seleção brasileira. Nesta segunda-feira, no rápido treinamento do Brasil em Paris, visando o amistoso contra a França, nesta quarta, o treinador deu mostras de que tem um novo candidato: Renato Augusto.

O meia revelado pelo Flamengo e atualmente no Bayer Leverkusen da Alemanha foi convocado pela primeira vez para a seleção principal e já deve ganhar uma chance no time titular. A equipe que treinou nesta segunda-feira e deve encarar a França tem: Julio Cesar; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e André Santos; Lucas, Elias, Hernanes e Renato Augusto; Pato e Robinho.

Nesta terça-feira, Renato Augusto faz aniversário. Ele completa 23, mas já ganhou o presente. "Só de estar aqui já é um grande presente, talvez o melhor da minha vida", contou o meia.

Em sua estreia como técnico da seleção, no jogo contra os Estados Unidos em agosto, Mano escalou Ganso para fazer a bola rodar e craque santista foi muito bem. O problema é que poucos dias depois ele sofreu uma lesão séria no joelho esquerdo e ainda não voltou a jogar.

O técnico, desde então, experimentou Carlos Eduardo, Philippe Coutinho e Ronaldinho Gaúcho na posição, mas nenhum deles chegou perto do rendimento de Paulo Henrique Ganso. No dia em que divulgou a lista de convocados para o amistoso desta quarta, Mano admitiu que está à procura de um jogador para dar conta da armação.

Renato Augusto está fazendo uma boa temporada no Bayer Leverkusen e terá a chance de mostrar que pode ser uma opção para quando o meia santista não estiver disponível. Ramires, que foi titular em todos os jogos da ''era Mano'', ficou fora do treino por causa das dores na coxa direita que o impediram de jogar pelo Chelsea contra o Liverpool no clássico de domingo, em Londres. Elias ficou com a sua vaga e terá a primeira chance de jogar na seleção pelo lado direito - como fazia no Corinthians.

Nesta terça, a seleção treinará no Stade de France, o local da partida - e onde em 1998 o Brasil perdeu a final da Copa do Mundo para os franceses por 3 a 0. A França não poderá contar com dois titulares: Ribèry (do Bayern de Munique) e Nasri (do Arsenal), ambos machucados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.