Reserva entra e dá a virada ao Flu no Chile

O técnico Abel Braga, diante da importância do confronto com o Huachipato, confiou no que já lhe rendeu um título Brasileiro. Para o duelo de ontem à noite, no Chile, pela terceira rodada da Taça Libertadores, estavam em campo Deco, Thiago Neves, Fred, Gum e o time campeão nacional. Mas foi o banco que resolveu uma dura parada para Abelão. Segundos depois de entrar no segundo tempo, o meia Wagner mostrou estrela e marcou o gol da vitória por 2 a 1, de virada, no estádio CAP, em Talcahuano.

O Estado de S.Paulo

28 de fevereiro de 2013 | 02h04

Na realidade, a partida contra o atual campeão chileno foi dificultada pela má atuação tricolor, em especial de Deco e Thiago Neves, os articuladores da equipe, que não viveram uma boa noite. Além de um gol inacreditável perdido por Wellington Nem, ainda no primeiro tempo.

O jovem se redimiu com o gol de empate e contribuiu decisivamente para que o Tricolor chegasse aos seis pontos e se recuperasse da derrota no Rio para o Grêmio, há uma semana. Além de manter a pequena escrita do Grupo 8, onde todos os visitantes venceram seus compromissos. O Fluminense liderará a chave até a próxima terça-feira, quando o Grêmio recebe o Caracas, em Porto Alegre. Ambos somam três pontos, assim como o Huachipato. No dia seguinte, chilenos e tricolores voltam a se enfrentar, desta vez no Engenhão.

O triunfo também alivia o ambiente para o clássico de sábado contra o Vasco, pela semifinal da Taça Guanabara.

No primeiro tempo, o Flu tinha amplo espaço para trocar passes no meio de campo e pressionaram os anfitriões a maior parte da primeira etapa. O castigo veio aos 46 minutos. Corvetto encontrou Rodríguez livre na área tricolor e fuzilou as redes adversárias. No segundo tempo, o Flu chegou à virada.

Boca vence. Com gols de Martinez, ex-Corinthians, e Perez, o Boca Juniors venceu o Barcelona de Guayaquil, na Colômbia, por 2 a 1. O gol colombiano foi de Arroyo, cobrando pênalti.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.