Resfriado derruba Flávio Saretta do Aberto da França

Um forte resfriado derrubou o tenista brasileiro Flávio Saretta do Torneio de Roland Garros, em Paris, o segundo Grand Slam da temporada. Nesta quarta-feira, o paulista jogava contra o russo Nikolay Davydenko, sexto melhor do mundo, e teve que abandonar a partida por causa de sua má condição física em quadra. "Ele me disse que estava muito doente desde ontem (terça) e que estava se sentindo muito fraco", disse Davydenko logo após a desistência do brasileiro.O russo vencia o jogo por 6/2 e 4/1 quando uma forte chuva caiu em Paris e interrompeu a rodada em Roland Garros. Cerca de uma hora depois, o mau tempo deu uma trégua, mas Saretta não conseguiu nem terminar o primeiro game após a paralisação por causa do resfriado. Chamou atendimento médico e, em seguida, anunciou sua desistência.A partida contra Davydenko valia pela segunda rodada do Aberto da França. Na estréia, Saretta teve que se superar para derrotar o italiano Potito Starace por 3 sets a 2, depois de estar perdendo por 2 a 0. Com a vitória na primeira rodada, o brasileiro deverá reassumir o posto de melhor tenista do País no ranking da ATP que será divulgado após o término do Torneio de Roland Garros. Atualmente o gaúcho Marcos Daniel é o número 1 do Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.