Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Resumo esportivo: Corinthians bate Santos e Palmeiras liga alerta

E mais: Brasil brilha com medalhas de ouro na canoagem e no salto em distância, além de vitórias no vôlei feminino e no tênis de duplas

O Estado de S. Paulo

10 de agosto de 2014 | 23h00

Na volta de Robinho ao Santos, o Corinthians fez 1 a 0 na Vila Belmiro. Fora de casa, o Palmeiras perdeu para o Atlético-MG e ligou o alerta contra o rebaixamento. Mas o fim de semana foi mesmo espetacular para as modalidades olímpicas do Brasil. Isaquias Queiroz foi bicampeão no Mundial de Canoagem e Duda conquistou o ouro no salto em distância, no GP de Atletismo. A seleção feminina de vôlei bateu Rússia e Estados Unidos no Grand Prix e Bruno Soares foi campeão de duplas no Masters 1000 de Toronto.

CLÁSSICO

Santos e Corinthians fizeram uma partida sem muitas emoções. No jogo que marcou a reestreia de Robinho, o time corintiano levou a melhor ao vencer por 1 a 0, gol do zagueiro Gil, já no fim da partida. O Corinthians ocupa a terceira posição, com 27 pontos. O Santos é o nono colocado, com 20 pontos. O clássico ainda ficou marcado por briga entre as torcidas nos entornos da Vila Belmiro.

SÃO PAULO

Com uma vitória por 3 a 1 sobre o Vitória, o São Paulo alcançou a quinta posição do campeonato, com 23 pontos. O destaque foi Alexandre Pato, que marcou dois gols, em partida que marcou a volta de Kaká ao Morumbi. Alan Kardec também deixou sua marca.

PALMEIRAS

Os comandados do técnico Ricardo Gareca voltaram a decepcionar o torcedor. Fora de casa, o Palmeiras acabou derrotado pelo Atlético-MG por 2 a 1. No total, a equipe alviverde está há oito jogos sem vencer no Brasileirão. Com 14 pontos conquistados, o time ocupa a 14.ª posição, a apenas um da zona de rebaixamento e dois da lanterna.

 

OUTROS JOGOS

No Gre-Nal, o Inter fez 2 a 0 sobre o Grêmio, no retorno de Felipão. Eduardo da Silva fez seu primeiro gol no Flamengo, que bateu o Sport e deixou a lanterna, enquanto o Botafogo foi derrotado pelo Atlético-PR e entrou na zona de rebaixamento. Em clássico, o Figueirense venceu a Chapecoense por 1 a 0 e pulou para 16.º lugar. O Cruzeiro empatou novamente, desta vez com o Criciúma, em jogo marcado por erro de arbitragem. Ao ficar no 1 a 1 com o Coritiba, o Fluminense perdeu a chance de encostar no líder e o Bahia  venceu o Goiás por 1 a 0.

 

SÉRIE B

A semana na Série B não foi boa para os paulistas, que ocupam três vagas da zona de rebaixamento: além de Vila Nova, Portuguesa, Bragantino e Oeste formam o Z-4. Já o Vasco, após duas vitórias seguidas, encostou nos líderes, chegando à quinta posição. O Ceará lidera com folga, somando 31 pontos. Luverdense, América-MG e Joinville completam o G-4. No clássico pernambucano, o Náutico foi derrotado pelo Santa Cruz por 3 a 0, o que culminou na demissão do técnico Sidney Moraes.

SUPERCOPA DA INGLATERRA

O Arsenal não tomou conhecimento do Manchester City na final da Supercopa da Inglaterra. Cazorla, Ramsey e Giroud marcaram os gols da vitória por 3 a 0 em Wembley. O título deixa o time londrino com moral para a disputa do Campeonato Inglês - do qual quase foi campeão na temporada passada - e da Liga dos Campeões.

 

SUPERCOPA DE PORTUGAL

Sem sair do 0 a 0 nos 120 minutos de tempo regulamentar e prorrogação, o Benfica contou com a redenção do goleiro Artur, ex-Cruzeiro, para faturar a Supercopa de Portugal, diante do Rio Ave, nos pênaltis. O brasileiro agarrou três cobranças do adversário, depois de cometer algumas falhas durante a partida, que quase culminaram em uma derrota do Benfica.

AMISTOSOS INTERNACIONAIS

A semana foi de preparação das equipes europeias para a temporada 2014-2015. Incompleto, o Barcelona encarou o Helsinki, da Finlândia, e não encontrou dificuldades para vencer por 6 a 0. Outra goleada foi do Liverpool, por 4 a 0, sobre o Borussia Dortmund, com ótima exibição de Philippe Coutinho. O Chelsea ainda bateu o Ferencvaros, de Budapeste, e a Juventus venceu um combinado da liga australiana, liderada por Del Piero.

VOLÊI

Na segunda semana do Grand Prix, a seleção feminina de vôlei manteve o 100% de aproveitamento, com três vitórias por 3 a 0, em partidas disputadas no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. Depois de passar por Coreia do Sul, na sexta-feira, o time do técnico José Roberto Guimarães bateu dois adversários diretos na luta pelo título:Rússia e Estados Unidos. Na próxima semana, na Tailândia, a equipe volta a enfrentar as norte-americanas, além da República Dominicana e da seleção da casa. As finais do Grand Prix vão ocorrer no Japão, entre os dias 20 e 24 de agosto.

TÊNIS

Embalado por vitórias sobre Murray e Djokovic, o francês Jo-Wilfried Tsonga encerrou a semana com o título do Masters 1.000 de Toronto ao bater Roger Federer em sets diretos. De quebra, o tenista impediu a 80.ª taça do suíço no circuito. Nas duplas, Bruno Soares superou o compatriota Marcelo Melo e levou o troféu ao lado do austríaco Alexander Peya. No feminino, a polonesa Agnieska Radwanska conquistou o WTA de Montreal ao superar a norte-americana Venus Williams também em dois sets.

ATLETISMO

Desde que se recuperou de uma lesão no joelho, o brasileiro Mauro Vinícius da Silva, o Duda, conquistou sua primeira vitória, a medalha de ouro no salto em distância no GP de Atletismo, em Belém. Antes disso, o atleta tinha sido apenas o sexto colocado no Campeonato Íbero-Americano.

 

CANOAGEM
Após ficar fora do pódio na categoria C1 Masculino 1000 metros, o brasileiro Isaquias Queiroz deu a volta por cima e sagrou-se bicampeão do C1 500 metros no Mundial de Canoagem, realizado em Moscou. Além disso, o atleta Isaquias faturou a medalha de bronze com Erlon de Souza no C2 Masculino 200 metros.

MOTOGP

Marc Márquez segue imbatível nesta temporada. Neste domingo, o espanhol conquistou a sua décima vitória em dez corridas na categoria máxima da motovelocidade, igualando a marca obtida pelo australiano Mick Doohan no Mundial de 1997, também correndo pela Honda. Com 21 anos e 174 dias de vida, Márquez superou Mike Hailwood, que em 1964 conquistou a mesma série de triunfos quando tinha 24 anos e 94 dias.

NASCAR

O tricampeão da Nascar, Tony Stewart, se envolveu em um acidente durante a disputa da categoria Empire Super Sprint Car Series. Depois de ter o carro jogado nas grades de proteção do autódromo por Stewart, em disputa de posição, Kevin Ward Jr. foi para o meio da pista, tirar satisfação sobre a manobra, quando acabou sendo atropelado pelo tricampeão. O corredor de apenas 20 anos foi levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu logo em seguida.

Tudo o que sabemos sobre:
Resumo esportivo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.