Resumo esportivo: São Paulo diminui diferença para o líder Cruzeiro

E mais: Palmeiras e Corinthians empatam, Serena conquista o 18.º Grand Slam no US Open, e Lewis Hamilton ganha o GP da Itália

O Estado de S. Paulo

08 Setembro 2014 | 07h00

Em uma rodada satisfatória para os times paulistas, o São Paulo bateu o Sport por 2 a 0 e diminuiu a diferença em relação ao líder Cruzeiro para sete pontos, enquanto o Santos ganhou do Vitória por 3 a 1 na estreia do técnico Enderson Moreira. O Palmeiras arrancou um empate diante do Atlético-PR e se manteve fora do rebaixamento, enquanto o Corinthians, que ficou na igualdade sem gols contra o Criciúma, chegou ao terceiro jogo sem vitória no Campeonato Brasileiro, mas se mantém no G-4.

SÃO PAULO

Mais uma vez o quarteto do São Paulo brilhou e comandou a vitória sobre o Sport, por 2 a 0, no Morumbi. Alan Kardec e Pato fizeram os gols, mas Ganso e Kaká também foram importantes para o resultado. A equipe aproveitou o tropeço do Cruzeiro diante do Fluminense para diminuir a diferença de pontos em relação ao líder.

SANTOS

No primeiro jogo de Enderson Moreira, David Braz e Leandro Damião, dois jogadores contestados do Santos, foram os responsáveis pelo 3 a 1 em cima do Vitória, lanterna do campeonato, no Pacaembu. O zagueiro marcou duas vezes e deixou o time com 26 pontos na tabela, na nona colocação. 

PALMEIRAS

Outra estreia foi a de Dorival Júnior no comando do Palmeiras. A equipe soube segurar a pressão do Atlético-PR, que vencia por 1 a 0, e empatar a partida, mesmo com um jogador a menos. Os alviverdes somam 18 pontos, assim como o Criciúma, que é o primeiro da zona de rebaixamento do Brasileirão e próximo adversário, nesta quarta-feira. 

CORINTHIANS

Em jogo equilibrado, Corinthians e Criciúma ficaram no 0 a 0, no Heriberto Hülse. Com boas atuações dos goleiros Cássio e Luiz, os times tiveram boas chances, mas acabaram se prejudicando na tabela. Os paulistas ainda estão no G-4, mas cada vez mais distantes do topo, enquanto os catarinenses voltaram para a zona de degola.

OUTROS JOGOS

Brigando por uma vaga entre os quatro melhores, o Grêmio acabou com a invencibilidade do Flamengo, que somava cinco vitórias em cinco jogos, desde a chegada de Luxemburgo, ao vencer por 1 a 0, mesmo resultado do Atlético-MG em cima do Botafogo. O Fluminense lutou e conseguiu fazer 3 a 3 no líder Cruzeiro. De virada, o Figueirense bateu o Internacional por 3 a 2, que perdeu a chance de assumir o segundo lugar. Chapecoense e Goiás empataram sem gols, assim como Bahia e Coritiba, embolando ainda mais a luta contra o rebaixamento.

ELIMINATÓRIAS DA EUROCOPA

Na estreia das eliminatórias da Eurocopa, a campeã mundial Alemanha chegou a tomar um sufoco, mas conseguiu bater a Escócia por 2 a 1, com dois gols de Thomas Müller. Sem Cristiano Ronaldo, com uma lesão no joelho esquerdo, Portugal foi derrotado pela inexpressiva Albânia. Na primeira partida oficial de Gibraltar, Lewandowski não perdoou e marcou quatro dos sete gols da goleada da Polônia. Anfitriã do torneio, que será em 2016, a França sempre fará amistoso com a seleção que folgar no Grupo I e neste domingo empatou com a Sérvia em 1 a 1.

Confira os resultados

Geórgia 1 x 2 Irlanda

Alemanha 2 x 1 Escócia

Gibraltar 0 x 7 Polônia

Hungria 1 x 2 Irlanda do Norte

Ilhas Faroe 1 x 3 Finlândia

Grécia 0 x 1 Romênia

Dinamarca 2 x 1 Armênia

Portugal 0 x 1 Albânia

França 1 x 1 Sérvia

AMISTOSOS INTERNACIONAIS

Com as seleções européias focadas nas eliminatórias da Eurocopa, algumas seleções sul-americanas fizeram amistosos. Foi o caso do Equador, próximo adversário do Brasil, nesta terça-feira, que goleou a Bolívia por 4 a 0, na Flórida. Naboa, Cazares, Valencia e Sornoza fizeram os gols.

Confira os resultados

Paraguai 0 x 0 Emirados Árabes Unidos

Bolívia 0 x 4 Equador

Chile 0 x 0 México

TÊNIS

No sábado, Kei Nishikori e Marin Cilic surpreenderam os favoritos Novak Djokovic e Roger Federer e tentam, nesta segunda-feira, um título inédito no US Open. Na chave feminina, Serena Williams prevaleceu sobre Caroline Wozniacki e alcançou a 18.ª taça de Grand Slam, igualando nomes históricos como Chris Evert e Martina Navratilova. Nas duplas, os irmãos Bryan venceram a parceria espanhola formada por Marcel Granollers e Marc López e conquistaram o 100.º torneio no circuito. No juvenil, os brasileiros Rafael Matos e João Menezes lutaram, mas acabaram com o vice-campeonato de duplas.

FÓRMULA 1

Após ser prejudicado por Nico Rosberg no último GP da Bélgica, Lewis Hamilton pretendia dar o troco no companheiro de Mercedes. Pole position, o inglês largou mal e perdeu quatro posições, mas logo se recuperou e contou com um erro do piloto alemão para ultrapassá-lo e ganhar a 6.ª corrida do ano e a 28.ª na Fórmula 1. O brasileiro Felipe Massa terminou em terceiro lugar, conquistando seu primeiro pódio em 2014.

NATAÇÃO

Em Guaratinguetá, Cesar Cielo venceu o Troféu José Finkel com o tempo de 46s08, melhor do mundo no começo da temporada em piscina de 25 metros, e está classificado para nadar os 100 metros livre no Mundial de Piscina Curta de Doha (Catar). Nos 50 metros peito, Felipe França cravou 25s71 e ficou a um centésimo de bater o recorde sul-americano, que ele sustenta desde 2009, quando ainda era permitido o uso de trajes tecnológicos.

VÔLEI

Depois de passar sufoco contra a Coreia do Sul, a seleção brasileira voltou a jogar bem e bateu Cuba por 3 sets a 1, com parciais de 22/25, 25/23, 25/18 e 25/17. Na próxima fase do Mundial Masculino de Vôlei, os comandados de Bernardinho encaram Rússia, Canadá, Bulgária e China.

BASQUETE

Para passar pela Argentina no Mundial de Basquete, o Brasil tinha de enfrentar também o fator psicológico, já que os hermanos haviam eliminado a seleção nacional no Mundial de 2010, Copa América de 2011 e nas Olimpíadas de 2012. E após um primeiro tempo fraco, a equipe comandada por Rubén Magnano conseguiu se recuperar e com atuação grandiosa de Anderson Varejão, Marquinhos e Raulzinho, derrotou os arquirrivais por 85 a 65. Para buscar um lugar no pódio, a equipe vai encarar a Sérvia, na próxima quarta-feira. A seleção europeia, que já foi derrotada pelo Brasil na primeira fase, se classificou ao bater a Grécia no sábado, por 76 a 71. O vencedor do confronto enfrenta França ou Espanha. Na outra chave, os Estados Unidos pegam a Eslovênia e a Lituânia encara a Turquia.

Mais conteúdo sobre:
Resumo Esportivo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.