Revanche carioca na Superliga feminina

Rexona/Ades e Oi Campos fazem neste domingo, às 12 horas, no Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio, pela Superliga Feminina de Vôlei, um jogo com jeito de revanche: será o primeiro confronto entre os times desde a partida decisiva do Campeonato Carioca, que o Rexona venceu por 3 sets a 1."Campos nos deu muito trabalho naquela decisão. E agora elas virão com tudo, já que tiveram derrotas surpreendentes no início da competição", avalia Bernardinho, que não terá a líbero Ricarda, com estiramento na coxa esquerda. Marcela será a substituta."Sempre disputamos posições na Superliga. Agora, disputamos também no Estadual", lembrou o técnico do Oi Campos, Luizomar de Moura, que quer sua equipe mais ofensiva. "Temos ótimas atacantes e quero esse fundamento mais agressivo e eficiente." Campos também tem problemas com a líbero. Fabi está contundida e não sabe se poderá jogar.Pela Superliga Masculina, o Banespa/Mastercard acabou com a invencibilidade do Telemig/Minas na competição, que já durava cinco jogos. Neste sábado, em São Bernardo do Campo (SP), a equipe do técnico Mauro Grasso derrotou os mineiros por 3 a 0 (25/23, 25/21 e 25/16).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.