Bruno Cantini/Divulgação
Bruno Cantini/Divulgação

Réver será operado e fica mais longe da Copa do Mundo

Prazo para recuperação da lesão no tornozelo esquerdo do zagueiro é de dois a três meses

AE, Agência Estado

16 de fevereiro de 2014 | 19h29

BELO HORIZONTE - Parte do grupo brasileiro que foi campeão da Copa das Confederações no ano passado, o zagueiro Réver está cada vez mais longe da Copa do Mundo. Neste domingo, o médico do Atlético Mineiro Rodrigo Lasmar informou que o jogador precisa ser operado e só volta em dois ou três meses. Assim, dificilmente terá tempo de convencer Felipão que merece jogar o Mundial.

Um dos destaques do Atlético na conquista da Libertadores, Réver esteve nas convocações feitas por Felipão para os amistosos de abril (Chile e Bolívia) e depois no grupo que jogou a Copa das Confederações. Depois disso, porém, não foi mais lembrado. Com Thiago Silva, David Luiz e Dante praticamente garantidos na Copa, o atleticano disputava a última vaga para zagueiros com Henrique (Palmeiras), Dedé (Cruzeiro) e Marquinhos (PSG).

Réver fechou o Brasileirão do ano passado machucado, mas se recuperou para jogar o Mundial. Neste ano, participou de dois jogos pelo Atlético, atuando terça-feira, contra o Zamora, na Venezuela, no sacrifício, por falta de outras opções para o técnico Paulo Autuori. Agora precisar tratar com cirurgia a lesão no tornozelo esquerdo.

"Apesar do tratamento que fizemos, o Réver ainda se queixa de algumas dores, sente o impacto no tornozelo, que gera uma inflamação com um edema ósseo. Tivemos uma melhora importante, mas apesar de todo esforço ele sentia dor de novo. Então, ele será submetido a um procedimento cirúrgico nesta semana, uma artroscopia, para a correção dessa lesão", informou o médico Rodrigo Lasmar.

"Não existe uma expectativa certa de retorno, deve ser de dois a três meses de recuperação, mas, depois do procedimento, podemos ter uma ideia mais precisa", explicou o profissional. Na melhor das hipóteses citadas por Lasmar, Réver voltaria por volta do dia 16 de abril, apenas três semanas antes da convocação para a Copa, programada para acontecer no dia 9 de maio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.