Satiro Sodré/Divulgação
Satiro Sodré/Divulgação

Revezamento 4 x 100 metros medley feminino vai à final em Dubai

Fabíola Molina, Tatiane Sakemi, Daniele Jesus e Tatiana Lemos ainda quebraram recorde sul-americano

AE, Agência Estado

17 de dezembro de 2010 | 08h38

A natação brasileira garantiu classificação para mais duas finais no Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta (25 metros), realizado em Dubai. Na manhã desta sexta-feira, Henrique Rodrigues avançou nos 200 metros medley e a equipe feminina garantiu presença na disputa de medalha no revezamento 4 x 100 metros medley.

O revezamento 4 x 100 metros medley feminino do Brasil, formado por Fabíola Molina, Tatiane Sakemi, Daniele Jesus e Tatiana Lemos, se classificou para a final com o tempo de 3min59s92. Assim, quebrou um recorde sul-americano que vigorava desde 2004. O tempo foi o oitavo melhor das eliminatórias, que registrou a quebra do recorde do campeonato pela China, com 3min50s69.

Henrique Rodrigues passou para a final dos 400 metros medley com o terceiro melhor tempo (1min53s96). O brasileiro foi mais lento apenas do que o norte-americano Ryan Lochte (1min53s36), recordista mundial da prova, e que o alemão Markus Rogan (1min53s39). Já Diogo Yabe foi eliminado ao marcar apenas o 23º melhor tempo.

"Minha meta hoje a noite é o recorde sul-americano (1min52s72). A eliminatória me animou bastante e está dentro do que eu esperava. Entrei na prova dos 400 m medley no primeiro dia só pra quebrar o gelo. Agora chegou a hora", afirmou, confiante na possibilidade de conquistar uma medalha.

Glauber Silva e Nicolas Santos avançaram às semifinais dos 50 metros borboleta com o terceiro, 22s85, e o quarto melhor tempo, 22s87, respectivamente. Apenas o venezuelano Albert Subirats (22s79) e o queniano Jason Dunford (22s80) foram mais rápidos do que os nadadores brasileiros.

Já Guilherme Guido se classificou para a semifinal dos 50 metros costas com o tempo de 23s88. Nas eliminatórias, o russo Stanislav Donets quebrou o recorde do campeonato, com o tempo de 23s24.

Tatiana Sakemi, nos 100 metros peito, Lucas Kanieski, nos 400 metros livre, e Felipe Silva e Tales Cerdeira, ambos nos 200 metros peito, foram eliminados. As eliminatórias dos 200 metros peito registraram a quebra do recorde do campeonato pelo húngaro Daniel Gyurta, com o tempo de 2min04s46.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.