Kirstin Scholtz/Divulgação
Kirstin Scholtz/Divulgação

Ricardo dos Santos é operado e está na UTI em estado gravíssimo

Surfista de 24 anos foi vítima de tentativa de homicídio nesta segunda, em Palhoça (SC). PM de 25 anos e menor foram detidos

O Estado de S. Paulo

19 de janeiro de 2015 | 23h43

O surfista Ricardo dos Santos, o Ricardinho, está em estado gravíssimo após passar por três cirurgias no Hospital São José, em Florianópolis (SC). O atleta de 24 anos sofreu uma tentativa de homicídio na manhã desta segunda-feira, na praia da Guarda do Embaú, em Palhoça, e levou três tiros na altura do abdômen.

O atleta passou por procedimentos para a contenção de duas sérias hemorragias internas. No início da noite, ele foi transferido para a UTI e permanece em coma induzido. Ricardinho ficará em observação pelas próximas 48 horas para que os médicos acompanhem a evolução do quadro, após as intervenções e transfusões de sangue. Por causa da grande perda de sangue, o atleta precisa de doações, que devem ser feitas no Hemocentro de Florianópolis (Avenida Prof. Othon Gama D'Eça, 756).

De acordo com a Polícia Militar de Santa Catarina, em nota oficial divulgada durante a  tarde, o soldado Luiz Paulo Mota Brentano, de 25 anos, e o irmão dele, de 17, são os únicos suspeitos de atirarem no surfista. Ambos foram detidos.

Tudo o que sabemos sobre:
surfeRicardo dos Santos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.