Ricardo e Emanuel batem argentinos e estão nas quartas

Mesmo sem a facilidade da estréia, dupla brasileira bate argentinos Perez e Suarez por um duplo 21/16

18 de julho de 2007 | 09h18

Considerada a mais favorita entre as deuplas do vôlei de praia para ganhar o ouro, os brasileiro brasileira Ricardo e Emanuel - campeãos olímpicos em Atenas 2004 - não tiveram a facilidade que encontraram em sua estréia (na terça contra os colombianos Cabrales e Naranjo), mas mesmo assim não precisaram suar tanto para, nesta quarta-feira, passar pelos argentinos Perez e Suarez por 2 sets a 0, com parciais de 21/16 e 21/16, e se garantir nas quarta-de-final.        Confira o quadro geral de medalhas      Conheça mais detalhes da disputa   Talvez pela estréia fácil que tiveram contra os colombianos, a dupla brasileira demorou para engrenar no primeiro set. Além disso, os argentinos adotaram a estratégia de forçar os saques em Ricardo, forçando-o a atacar e tentando fujir de seu eficiente bloqueio. No começo até deu certo, mas foi só os brasileiros se soltarem e nos momentos decisivos conseguiram fechar o set com eficiência.   No segundo set, Perez e Suarez continuaram utilizando o mesmo plano e surpreenderam pela qualidade na defesa, mas a dupla brasileira com habilidade, confundiu a estratégia argentina e com os bloqueios de Ricardo funcionando, e os ataques de emanuel sendo executados com precisão, o resultado não poderia ser outro senão a vitória do Brasil.   Soubemos nos adaptar ao jogo deles, que nos deram bastante trabalho no começo, mas foi nos acertar e encaixar nosso ritmo e a partida ficou muito mais tranqüila. Foi um desafio bem maior que na estréia, mas acho que serviu para mostrar que estamos nos entendendo muitop bem em momentos críticos. Estou satisfeito com o resultado de hoje", afirmou Ricardo. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.