Ricardo fica sem Pedro Cunha em etapa do vôlei de praia

Com dores no joelho direito, que o incomodaram nas últimas semanas, Pedro Cunha foi poupado

AE, Agência Estado

13 de agosto de 2012 | 15h46

Depois da frustrante participação na Olimpíada de Londres, quando foram eliminados nas quartas de final e não conseguiram chegar ao pódio, Ricardo e Pedro Cunha voltam a se concentrar na disputa do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. A próxima etapa começa já na quinta-feira, 16, em Stare Jablonki, na Polônia. Mas a dupla brasileira não estará completa: com a lesão de Pedro Cunha, Ricardo jogará ao lado do novato Vítor Felipe na competição polonesa.

Com dores no joelho direito, que o incomodaram nas últimas semanas, Pedro Cunha foi poupado. "Joguei a Olimpíada à base de anti-inflamatórios. Depois dos Jogos, conversamos e essa seria a melhor hora para dar uma segurada, para poder tratar e não colocar em risco esse segundo semestre", disse o jogador, ainda lamentando a campanha olímpica. "Não ficamos satisfeitos com o resultado de Londres, nosso objetivo era brigar por um pódio, poder chegar à decisão, mas não deu."

Apesar da troca momentânea, Ricardo descartou a possibilidade de acabar com a dupla com Ricardo Cunha - juntos, eles ocupam o terceiro lugar no ranking mundial. "Completamos um ano de parceria em Londres e fizemos um balanço positivo desse período em que estamos juntos. Fomos à Olimpíada querendo uma medalha, querendo lutar pelo ouro, tivemos a melhor preparação possível, mas não conseguimos. E isso não quer dizer que o trabalho foi mal feito. Estamos juntos e vamos continuar jogando juntos, somos um time forte", afirmou o jogador de 37 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
vôlei de praiaRicardo e Pedro Cunha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.