Ricardo Mauricio, o 15.º, fica com o título

Na decisão em Interlagos, piloto foi beneficiado pelo abandono do concorrente Marcos Gomes

Livio Oricchio, O Estadao de S.Paulo

08 de dezembro de 2008 | 00h00

A corrida final da Stock Car não apresentou as emoções que todos esperavam. Ricardo Mauricio conquistou o título, ontem, em Interlagos, mas sem o aguardado duelo com Marcos Gomes, com quem disputava o campeonato e estava um ponto apenas atrás na classificação.Gomes abandonou na 12ª das 23 voltas da 12ª etapa, com quebra do câmbio, garantindo a Ricardo Mauricio, mesmo em 15º, celebrar seu primeiro título. Thiago Camilo venceu a corrida interrompida duas vezes pelo safety car. Ingo Hoffmann se despediu com a competência que sempre o caracterizou a chegar no pódio, em 3º, com Ricardo Sperafico em segundo. Mauricio e Gomes são, ainda, pilotos da mesma equipe dirigida por Andreas Mattheis. Ricardo tem a carroçaria Peugeot 307 e Gomes, Chevrolet Astra. Curiosamente, o time que havia vencido 8 das últimas 11 corridas da Stock Car não se encontrou em Interlagos. Além dos problemas nos carros, como a quebra do motor de Gomes, a escuderia não acertou o chassi. Mauricio largou em 21º e Gomes, em 32º, enquanto Cacá Bueno saía na pole position. Ainda na segunda volta, Mauricio tocou na traseira do carro de Antonio Pizzonia e danificou a carenagem. "Tive sorte porque com isso eu perdia 5 km/h na reta e o Marquinhos me ultrapassaria fácil", disse Mauricio. Já Gomes parecia resignado. "O Nonô e o Moro se tocaram, eu freei e o Guto Negrão, que vinha atrás, tocou em mim sem querer, o que causou a quebra do câmbio. Não deu desta vez."Apesar de celebrar o título, Mauricio não sabe para quem vai correr em 2009, quando a Stock Car terá um novo carro, muito mais avançado que o atual. Ele pode assumir o lugar de Cacá Bueno na equipe RC, de partida para a Red Bull. Ingo Hoffman, que deixou o automobilismo, ficou emocionado com seu resultado. "Anunciei a minha decisão de parar de correr na Stock Car este ano, em Interlagos, largando na pole. Hoje encerro minha participação com esse pódio, ao lado desses jovens. Não poderia ser melhor."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.