Fernanda Freixosa/Divulgação
Fernanda Freixosa/Divulgação

Ricardo Sperafico cai no antidoping da Stock Car e é suspenso por 30 dias

Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) omite que substância foi encontrada no exame do piloto

AE, Agência Estado

25 de junho de 2013 | 16h01

SÃO PAULO - A Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) confirmou uma suspensão de 30 dias a Ricardo Sperafico, da equipe Officer ProGP, depois de o piloto da Stock Car ter sido reprovado em teste antidoping realizado durante a quarta etapa desta temporada da categoria, em Salvador, no último dia 19 de maio.

Por meio de nota oficial, a entidade não revelou qual substância proibida foi encontrada no exame ao qual o piloto se submeteu e apenas destacou que a suspensão, decidida pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no último dia 20, foi tomada "em virtude de achados analíticos adversos" no teste.

Após seis corridas disputadas nesta temporada, Sperafico é o atual 16.º colocado da Stock Car, com 35 pontos, empatado com o seu irmão gêmeo, Rodrigo, da equipe Mico''s. Paranaense, Ricardo foi o terceiro colocado da etapa passada do campeonato, realizada em Cascavel (PR), no último dia 16.

A próxima etapa da Stock Car será disputada no próximo dia 11 de agosto, em Ribeirão Preto, onde a acirrada disputa pela ponta do campeonato estará em jogo. Ricardo Maurício lidera com 111 pontos, enquanto Daniel Serra é o vice-líder, com 110, e Cacá Bueno o terceiro colocado, também logo atrás, com 107.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.