Rio anuncia vencedora e encerra licitação de Deodoro

A prefeitura do Rio anunciou nesta terça-feira que a IBEG Engenharia e Construções Ltda venceu outras duas concorrente na licitação aberta para a construção e reforma das instalações da região sul do Complexo Esportivo de Deodoro e será responsável por um dos palcos dos Jogos Olímpicos do Rio/2016.

AE, Agência Estado

25 de junho de 2014 | 15h25

De acordo com a prefeitura, a proposta foi no valor de R$ 157.132.192,92, exatamente o valor que havia sido disponibilizado para a obra. Além da IBEG, também participaram da licitação a Porto Belo Engenharia e Comércio Ltda e a Sanerio Construções Ltda.

Além das obras de construção e reforma, o contrato prevê 10 meses de operação e, após os Jogos, seis meses para desmontagem das estruturas temporárias e adequações das instalações existentes.

Na região sul de Deodoro terá o Centro Nacional de Hipismo, onde acontecerão as competições de cross country, saltos e adestramento no hipismo CCE. No local também serão construídas a nova clínica veterinária e a Vila dos Tratadores.

A parte principal do Complexo fica na região norte, onde serão construídos o circuito de canoagem slalom, a pista de mountain bike, a pista de BMX, o Centro Nacional de Tiro Esportivo, a Arena de Rúgbi e Combinado do Pentatlo Moderno e a Arena Deodoro (esgrima do pentatlo moderno e preliminares do basquete feminino).

A licitação para a região norte foi aberta depois da região sul, mas teve a empresa vencedora anunciada antes porque só houve um concorrente: o consórcio Complexo Deodoro, formado pelas construtoras Queiroz Galvão S/A e OAS S/A, com proposta no valor de R$ 643.707.225,70, pouco mais de R$ 3 milhões a menos do que o valor da licitação.

Tudo o que sabemos sobre:
Olimpíada de 2016Complexo de Deodoro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.