Rio aposta na força popular para ter Jogos

Além de demonstrar união entre os governos municipal, estadual e federal e um eficiente projeto de candidatura, o Comitê Olímpico Brasileiro aposta na força popular para comover os eleitores na disputa pelo direito de ser a sede dos Jogos Olímpicos de 2012. No questionário de respostas a 25 perguntas, entregues nesta quinta-feira ao Comitê Olímpico Internacional, foi anexada uma pesquisa onde 94% dos cariocas e 83% do restante da população brasileira dizem ser a favor da realização das Olimpíadas no Brasil. A pesquisa foi realizada em novembro do ano passado, pelo Ibope, a pedido do COI. Outro número do documento que impressionou foi o das pessoas dispostas a trabalharem gratuitamente para a realização dos Jogos de 2012 no Rio.No total, 54% dos cariocas e 38% de residentes em outros estados se mostraram interessados em trabalhar como voluntários nas Olimpíadas do Rio. O que significa cerca 50 milhões de pessoas dispostas a colaborarem com os Jogos. Um número que será considerado altamente expressivo na hora de os avaliadores analisarem o projeto de candidatura. Outro dado importante é que independente do preço dos ingressos, 72% dos cariocas e 47% dos outros brasileiros estão dispostos a comprar entradas para as disputas. E é com base nesses números o COB espera demonstrar a união do Brasil em torno da candidatura carioca.

Agencia Estado,

15 de janeiro de 2004 | 21h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.