Fábio Motta/AE
Fábio Motta/AE

Rio estende prazo para sedes de apoio

Candidatas a abrigar treinamentos falham ao preencher inscrição, e organização dá outra chance para municípios

BRUNO LOUSADA, O Estado de S.Paulo

24 de maio de 2011 | 00h00

RIO - O Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016 resolveu nesta segunda-feira dar uma chance para mais de cem candidatos que se atrapalharam e perderam o prazo por causa de uma missão simples: fazer inscrição para tentar ser um dos locais de treinamento que vai abrigar delegações de vários países antes da Olimpíada.

Ao todo, já foram pré-selecionadas 355 instalações de 150 municípios e 22 Estados das cinco regiões do Brasil.

"Tivemos algumas dificuldades, pois recebemos informações desencontradas dos interessados. O preenchimento dos formulários não foi correto", disse Agberto Guimarães, diretor de esportes da Rio 2016, durante seminário na segunda, no Rio, para orientar os candidatos.

"Em alguns casos, ficou claro que as pessoas que manipulavam a ferramenta não entendiam exatamente o que estavam fazendo", afirmou o dirigente, dando prazo até o fim do mês para receber as novas inscrições, além do termo de adesão e o de cooperação.

Em 16 de janeiro de 2012, vão ser conhecidas as instalações esportivas que cumpriram todas as exigências. Elas farão parte do Guia de Locais de Treinamento Pré-Jogos Rio 2016, a ser lançado durante os Jogos de Londres, em julho e distribuído para todos os comitês olímpicos e paraolímpicos nacionais.

De setembro a dezembro, os responsáveis pelas instalações vão ter de enviar a previsão de orçamento e cronograma para execução da reforma ou de construção dos locais, a fim de atender os requisitos técnicos dos esportes que quiserem receber.

Caberá a eles também buscar financiamento para as obras e negociar com o comitê dos outros países a utilização do local.

Sem garantia. O Comitê Rio-2106 não cobra deles nenhuma garantia financeira, porém, depois da Olimpíada de Londres, qualquer instalação pode ser retirada do guia se não cumprir o cronograma prometido.

A partir de agora até junho, os pré-selecionados vão especificar mais a sua infraestrutura e a da cidade. Em seguida, de agosto a novembro, a comissão avaliadora vai fazer visitas técnicas aos locais que julgar necessário - há alguns já considerados em boas condições. "Os Jogos são do Rio, mas pertencem ao Brasil", declarou o presidente do comitê, Carlos Arthur Nuzman.

Alta procura. 473 locais se candidataram para abrigar as delegações na fase de treinamento antes dos Jogos Olímpicos no Rio, em 2016. 355 candidatos foram pré-selecionados na primeira fase do processo de seleção dos centros de treinamentos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.