Fábio Motta/AE
Fábio Motta/AE

Rio recebe visita de avaliação do COI para Jogos de 2016

Comissão do Comitê Olímpico Internacional ficará na cidade candidata à Olimpíada até este fim de semana

EFE,

27 de abril de 2009 | 17h40

As autoridades regionais e municipais do Rio de Janeiro reafirmaram seu otimismo na escolha da cidade como sede dos Jogos de 2016 com a visita da comissão de avaliação do Comitê Olímpico Internacional (COI), que começou nesta segunda-feira.

Os integrantes do COI foram recebidos no aeroporto internacional do Galeão pelo governador Sérgio Cabral Filho, o prefeito Eduardo Paes e o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman.

"Estamos muito felizes e honrados de receber a Comissão de Avaliação do COI no Rio de Janeiro. Será uma oportunidade de mostrar o trabalho realizado pelo Comitê Rio 2016", afirmou Nuzman, também à frente da candidatura.

"Poderemos mostrar a união entre os três níveis de governo e o envolvimento da cidade com o projeto de trazer os Jogos Olímpicos para a América do Sul pela primeira vez", completou.

O comitê de candidatura do Rio aposta em uma verba de RS 14,4 bilhões (cerca de R$ 32 milhões) e nas belezas naturais da cidade para vencer a disputa para sediar os Jogos.

SEMANA

O grupo fica na cidade até sábado. As outras concorrentes são Chicago, Tóquio e Madri - a capital espanhola, única que ainda não recebeu o COI, terá a visita entre os dias 4 e 9.

A avaliação começou com a chegada da ex-atleta marroquina Nawal El Moutawakel, presidente da comissão. Ela chegou acompanhada dos franceses Guy Drut e Etienne Thobois.

Também na manhã desta segunda desembarcaram o russo Alexander Popov, o colombiano Andrés Botero, o chinês Wu Ching-Kuo e o australiano Simon Balderstone.

A comissão do COI é formada por 13 pessoas, sendo sete delas parte do júri que elegerá a sede dos Jogos Olímpicos de 2016 no próximo dia 2 de outubro, durante a assembleia geral do organismo em Copenhague, capital da Dinamarca.

O grupo terá a missão de avaliar um relatório com base em 17 aspectos diferentes, como segurança, acomodações, instalações esportivas, orçamento e meio ambiente.

Os integrantes do COI se reunirão com autoridades nacionais, regionais e municipais no hotel Copabacana Palace, entre elas seis ministros e o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles. Existe a chance de o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, também vá ao encontro.

Quarta e quinta serão os dias das apresentações técnicas, quando os membros do COI poderão fazer perguntas ao Comitê Organizador da candidatura.

Na sexta-feira, um dia antes da entrevista coletiva que marca o fim da visita, o grupo irá às instalações esportiva já construídas que poderão ser utilizadas caso a cidade seja escolhida sede dos Jogos de 2016.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.