Claudio Reyes/EFE
Claudio Reyes/EFE

Rio segue divulgando projeto aos Jogos de 2016 pelo mundo

Objetivo é reforçar a candidatura e conseguir votos de dirigentes do Comitê Olímpico Internacional (COI)

EFE,

30 de março de 2009 | 20h11

O comitê organizador da candidatura do Rio de Janeiro aos Jogos de 2016 seguirá realizando apresentações em todo o mundo esta semana, com o objetivo de reforçar o projeto e conseguir votos de dirigentes do Comitê Olímpico Internacional (COI).

Semana passada, a proposta foi mostrada na 'SportAccord', feira que reuniu presidentes de federações internacionais, membros do COI e da família esportiva mundial.

Começando o giro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva estará nesta terça-feira no Catar para participar da Cúpula América do Sul-Países Árabes (Aspa) e terá em sua agenda encontros bilaterais com chefes de Estado da região para apresentar o projeto brasileiro e pedir apoio.

O Diretor de Marketing e Comunicação da candidatura, Leonardo Gryner, acompanhará a delegação presidencial nas reuniões.

Também na terça, o Secretário Geral do comitê, Carlos Roberto Osório, fará uma apresentação sobre o projeto brasileiro na cidade neozelandesa de Queenstown, durante a assembleia geral dos comitês olímpicos da Oceania. O encontro será aberto pelo belga Jacques Rogge, presidente do COI.

"Vamos agora adaptar a mensagem para um público formado principalmente por dirigentes à frente de comitês olímpicos nacionais, nos concentrando nos aspectos da candidatura que beneficiam a participação dos atletas e dos comitês de cada país", explicou Osório.

Na Nova Zelândia, a proposta do Rio ganhará uma nova embaixadora: a velejadora Isabel Swan, medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim ao lado de Fernanda Oliveira na classe 470 feminina.

"É uma honra representar a nossa candidatura na Nova Zelândia, onde a vela é um esporte tão popular. Estou empenhada para ajudar a trazer os Jogos Olímpicos para o Brasil, pois sei os benefícios do evento para os atletas brasileiros e para os jovens que sonham em ter uma carreira esportiva", disse Isabel.

A campanha do Rio pelos Jogos de 2016 também vai a Nairóbi, no Quênia. O Diretor de Esportes, Agberto Guimarães, divulgará o projeto na conferência das Nações Unidas sobre desenvolvimento urbano, que começou segunda-feira na capital queniana.

O presidente do comitê de candidatura, Carlos Arthur Nuzman, acompanhará Lula na reunião do G20, nos dias 2 e 3 de abril. Eles visitarão a área do East End, cuja revitalização é um ponto forte do legado social dos Jogos Olímpicos de 2012, a serem realizados na capital britânica.

Mais conteúdo sobre:
OlimpíadasRio 2016

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.