Fabio Motta|Estadão
Fabio Motta|Estadão

Rio será recheado de tecnologia durante os Jogos; confira mapa

Quase todos os pontos da Olimpíada terá alguma tecnologia

Gustavo Zucchi - ESPECIAL PARA O ESTADO, O Estado de S. Paulo

15 de junho de 2016 | 10h00

Ao longo da história, muitas das tecnologias que utilizamos atualmente surgiram por causa de embates. Foi a guerra que nos trouxe sistemas como a internet. Mesmo os confrontos pacíficos parecem ajudar no desenvolvimento de novidades tecnológicas. Perto de receber a Olimpíada, o Rio de Janeiro estará recheado delas. Praticamente em todos os pontos dos Jogos será possível acompanhar de perto todas essas maravilhas.

Ao todo, 19% dos R$ 7,4 bilhões de verba do Comitê Organizador foram investidos em tecnologia (aproximadamente R$ 1,4 bilhão).  Os destinos são vários, desde melhorias na rede de internet da cidade até câmeras para auxiliar a arbitragem. "Na ponta do usuário, temos uma área dedicada especificamente para o desing da interação. Na parte de tecnologia, temos alguns nortes. Primeiro é o planejamento que o próprio COI sugeriu para a gente na Comissão Olímpica Internacional. Ali a gente identificou todos os tipos de usuário que iriamos ter e desenhou-se todos os  serviços no entorno dele, testando estes serviços nos eventos pré-disputa", explica Adriana Garcia, diretora de comunicação do Comitê Organizador Local.

"Essas áreas que propiciam a entrega dessas interações são principalmente a área de resultados, que é uma parte super crítica em relação aos Jogos. Teremos mais de 200 mil horas de testes, para garantir que a base de dados ocorra com rapidez e confiabilidade. Temos também a parte de serviços de tecnologia nas instalações, datacenter e uma parte de serviços de tecnologia, que faz atendimento e acompanha toda operação, tipo a nave-mãe." Além disso, outros áreas, como o Ministério da Tecnologia, têm investido no Rio-2016 e elas aproveitarão depois os investimentos para melhorar a pesquisa no País. Confira no mapa abaixo como fica o Rio de Janeiro durante a Olimpíada da tecnologia.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.