Robben sente 'boas sensações' para partida contra o Brasil

O atacante Arjen Robben começou ontem pela primeira vez uma partida nesta Copa do Mundo. E foi decisivo para a vitória da Holanda sobre a Eslováquia. Atuando pela direita do ataque, fez grandes jogadas, deixou algumas vezes os companheiros em condição de finalizar e marcou um belo gol, o primeiro da vitória holandesa. Acabou eleito o melhor em campo pela Fifa. Para ele, porém, o melhor de tudo foi não ter sentido a contusão muscular nos 70 minutos até ser substituído por Elia.

, O Estado de S.Paulo

29 de junho de 2010 | 00h00

 

Robben estava feliz e aliviado. "Pude oferecer minha experiência e estou feliz com minha atuação. A partida foi difícil, mas jogamos bem", disse o atacante do Bayern de Munique, que mostrou seu otimismo em relação ao jogo com o Brasil pelas quartas de final: "Tenho boas sensações para o futuro, espero que possamos continuar nesse caminho."

 

O fato de ter feito o gol em uma jogada de velocidade foi destacado pelo artilheiro. "É importante para ganhar confiança, foi uma corrida longa, precisei de explosão", disse.

 

Robben admite que não está no melhor de sua forma física. "Estou evoluindo e, na próxima partida, vou estar bem melhor", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.