Robert Scheidt e Bruno Prada ficam em 9.º na abertura do Mundial

Competição, realizada na Austrália, vale vaga nos Jogos Olímpicos de Londres de 2012

AE, Agência Estado

11 de dezembro de 2011 | 17h50

PERTH, AUSTRÁLIA - Depois de uma colisão logo na regata de abertura, os brasileiros Robert Scheidt e Bruno Prada terminaram o primeiro dia do Mundial de Vela, neste domingo, na 9.ª colocação geral da classe Star. A competição, realizada nas raias de Perth, na Austrália, vale vaga nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

Favoritos, Scheidt e Prada tiveram um início de Mundial frustrante por conta de uma colisão com um adversário. O choque gerou uma penalidade que deixou os velejadores na última posição entre os 41 barcos da disputa. Apesar da punição, eles terminaram a primeira regata na 13.ª colocação, depois de uma boa reação. "Chegar em 13.º acabou sendo bom diante das circunstâncias", comentou Prada.

Com o sétimo lugar na segunda regata, a dupla garantiu o 9.º lugar geral, com 20 pontos perdidos. "Na segunda regata, estávamos brigando pelo terceiro lugar e um pequeno vacilo nos empurrou para sétimo. E óbvio que não estou satisfeito. Mas amanhã é outro dia e temos muitas regatas ainda pela frente", avaliou o proeiro campeão do mundo e medalha de prata em Pequim 2008.

Os líderes da classe Star são os ingleses Iain Percy e Andrew Simpson, com sete pontos perdidos. A competição terá sequência nesta segunda-feira com mais duas regatas em Perth.

Tudo o que sabemos sobre:
velaMundialScheidtPrada

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.