Gabriel Heusi
Gabriel Heusi

Robert Scheidt exibe confiança antes de lutar por título em Nassau na classe Star

Maior medalhista brasileiro em olimpíadas competirá ao lado de Bruno Prada

Estadão Conteúdo

03 Dezembro 2018 | 13h30

Embalado por bons resultados conquistados nas últimas competições que disputou, Robert Scheidt está confiante para a Star Sailors League Finals, evento de vela em que iniciará a sua participação nesta terça-feira, na sede no Nassau Yacht Club, nas Bahamas.

O maior medalhista olímpico brasileiro formará dupla com Henry Boening, o Maguila, e repetirá a parceria que faturou a prata na edição de 2017 da SSL Finals. "Será um grande evento, uma competição que reunirá alguns dos melhores velejadores do mundo. Estou animado e confiante. Vamos dar o nosso melhor em busca do pódio e, quem sabe, melhorar uma posição em relação ao ano passado", afirmou o velejador, por meio de declarações distribuídas pela sua assessoria nesta segunda-feira.

Scheidt já ganhou por uma vez essa competição, em 2013, então fazendo parceria com o compatriota Bruno Prada, com quem foi o quinto colocado na edição de 2014 do evento. "A disputa em Nassau é sempre intensa, com vários campeões mundiais e medalhistas olímpicos", afirmou o velejador, que já subiu cinco vezes ao pódio olímpico, sendo duas delas com medalhas de ouro: uma nos Jogos de Atlanta-1996 e outra em Atenas-2004, ambas na classe Laser.

Antes de competir em Nassau, Scheidt conquistou o título sul-americano de Star, no Rio, ao lado de Arthur Lopes, há menos de um mês. Em seguida, ele também voltou a competir na mesma classe e foi vice-campeão na Copa Brasil, em Florianópolis.

A SSL Finals contará com regatas diárias até sábado e reunirá 25 duplas finalistas entre os melhores velejadores do mundo, conforme o ranking da SSL, e pagará uma premiação total de US$ 200 mil (cerca de R$ 772 mil), a maior da vela mundial.

O Brasil terá outros seis representantes nesta edição do evento, além de Scheidt e Boening. Serão eles: Lars Grael e Samuel Gonçalves; o campeão mundial de Star, Jorge Zarif, ao lado de Pedro Trouche, além dos proeiros Bruno Prada e Arthur Lopes.

Já entre os grandes velejadores de outros países que estarão na Baía de Montagu, destaque principal para Iain Percy, da Grã-Bretanha, dono de duas medalhas de ouro olímpicas e de dois títulos mundiais.

 
Mais conteúdo sobre:
velaRobert Scheidt

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.