Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

Robert Scheidt voltará à classe Star para disputar competição nas Bahamas

Maior medalhista olímpico do Brasil, velejador estará no torneio SSL Finals no mês de dezembro em Nassau

Estadão Conteúdo

24 de outubro de 2017 | 21h06

Depois de anunciar que não mais disputará os Jogos Olímpicos, o brasileiro Robert Scheidt voltará a competir em dezembro. Ele participará da disputa do SSL Finals, em Nassau, nas Bahamas, entre os dias 4 e 9 do último mês do ano. E para isso, o atleta retornará à classe Star, que conhece tão bem.

'A gente não sabe qual classe pode entrar em Paris-2024’, diz Robert Scheidt

Maior medalhista olímpico da história do Brasil - ao lado de Torben Grael - Scheidt conquistou duas de suas cinco medalhas nos Jogos - prata em Pequim-2008 e bronze em Londres-2012 - justamente na classe Star. Nas Bahamas, ele competirá ao lado de Henry Boenning, conhecido como Maguila.

"O SSL Finals é uma competição de alto nível e que cresce a cada ano, reunindo alguns dos melhores do mundo. É sempre muito bom participar. Vamos ver como vou me sair na Star, depois de passar esta temporada inteira me dedicando à 49er", declarou o velejador.

Esta será a primeira competição de Scheidt neste retorno à Star, depois de uma temporada tentando se adaptar à 49er, na qual não obteve o sucesso esperado. E o brasileiro, que também fez história na classe Laser, explicou os motivos da nova mudança.

"Não é fácil começar do zero, aos 43 anos, em uma categoria que exige muito do físico. Sofri com algumas lesões nessa temporada e o período de recuperação não é mais o mesmo. Eu precisaria de muito mais tempo de treino para chegar competitivo em 2020 e, nessa altura da vida, não quero abrir mão da família. Tenho dois filhos pequenos, minhas maiores medalhas, e estar com eles e com minha mulher é muito importante", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
VelaVelaRobert Scheidt

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.