Roberto Carlos e Ronaldo poupados para a ''decisão''

Ronaldo concentrou junto com os companheiros e Roberto Carlos chegou a dizer ao técnico Adilson Batista que tinha condições de jogar ontem, no Pacaembu. A dupla pentacampeã, contudo, acabou poupada para a "decisão" que o Corinthians terá na quarta-feira, diante do líder Fluminense, no Engenhão. O planejamento era de que o Fenômeno fizesse três jogos seguidos, mas o temor de uma lesão, fez os médicos e fisioterapeutas darem uma "folga" ao centroavante.

, O Estado de S.Paulo

12 de setembro de 2010 | 00h00

Ronaldo chegou a convocar os torcedores para lotarem o Pacaembu, ontem. E previa um bom desempenho após marcar diante do Atlético-PR. De fora, viu a frustração dos torcedores quando não viram seu nome anunciado no placar eletrônico.

Roberto Carlos viu seu resultado de exame de sangue dar um nível alto de desgaste e grande possibilidade de lesão após participar de 12 dos últimos 13 jogos (são 41 em 47 na temporada) e acabou ganhando uma folga forçada. "Gosto de jogar todas, me sinto bem, a idade não pesa. Mas espero que a equipe faça um grande jogo, faça 2 a 0 e possamos ir bem para o Rio", disse o lateral-esquerdo, à CBN.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.