Robinho desmente mal-estar com ingleses

No seu site oficial, Robinho afirma que retornou ao Brasil, segunda-feira à noite, com autorização da diretoria do Manchester City. O presidente executivo do clube inglês, Garry Cook, no entanto, definiu o comportamento do jogador como "violação das normas disciplinares". O City está nas Ilhas Canárias, em Tenerife (Espanha), realizando treinamento para a sequência do Campeonato Inglês. A imprensa britânica relacionou a "escapada" de Robinho ao fracasso nas negociações entre o clube e Kaká.Robinho desmentiu em seu site: "Eu quero deixar claro para os fãs qual é a situação, para que entendam o porquê de minha viagem ao Brasil", escreveu. "No começo deste mês eu avisei o Manchester City de que precisaria retornar ao Brasil por causa de questões familiares. O clube concordou e fiquei agradecido por isso." E concluiu: "Não tem nada a ver com o Kaká."Um segurança do atleta contou ontem, em Santos, que Robinho voltou a fim de marcar o casamento para o meio do ano, visando a não coincidir com a convocação para a Copa das Confederações.Embora viva bom momento no Manchester City - é vice-artilheiro do campeonato com 11 gols -, Robinho cobra sempre os dirigentes, para que formem uma equipe melhor. O City ocupa apenas a 11.ª colocação. O próximo jogo do time será no dia 28, em casa, contra o Newcastle.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.