Rodrigo Bastos larga consultório pelo Tiro

O dentista Rodrigo Bastos, de 36 anos, medalha de prata na modalidade fossa olímpica do tiro esportivo nos Jogos Pan-Americanos de São Domingos e com vaga garantida na Olimpíada de Atenas/2004, abandonará por 1 ano os seus clientes em Guarapuava, no Paraná. Nesse período, ele irá se dedicar apenas ao esporte, graças ao patrocínio assinado com a Companhia Brasileira de Cartuchos no valor de R$ 400 mil. "Agora posso me dedicar integralmente aos treinos para Atenas."Antes de ir ao Pan, Rodrigo treinava apenas na véspera das competições. Se o pouco treinamento lhe rendeu a prata em São Domingos, a medalha olímpica está a caminho? "Cada competição é uma competição, não quero criar expectativas. Vou fazer meu melhor", desconversou.Rodrigo tem motivos para comemorar a boa fase. Além do patrocínio, será construído em sua chácara em Guarapuava um centro de treinamento. "Antes, tinha de viajar 280 quilômetros até Curitiba para treinar", revelou. Ele também coordenará dez centros de treinamento que serão construídos com o apoio do governo do Paraná e do COB, espalhados pelo Estado, em cidades como Londrina, Maringá e Ponta Grossa. "Vamos caçar talentos e investir na base do esporte, com crianças a partir dos 12 anos."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.