Rodrigo descarta Baloubet e diz que vai com Rufus a Pequim

Satisfeito com o desempenho deRufus nos Jogos Pan-Americano, Rodrigo Pessoa confirmou nestedomingo que esse será o seu cavalo na Olimpíada de Pequim, anoque vem. Baloubet du Rouet, com o qual conquistou a medalha de ourona Olimpíada de Atenas, em 2004, está totalmente descartado. "Não considero mais Baloubet para a Olimpíada. Ele tem 18anos, teve uma lesão séria ano passado e estamos preparando elepara a despedida. O treinamento para a Olimpíada é forte demaise não tenho motivo de fazer ele passar por isso", disseRodrigo. Seu pai e técnico da equipe brasileira, Nelson PessoaFilho, disse que Baloubet está bem, já voltou à forma e só nãoveio ao Pan porque o proprietário não deixou. "Com Baloubetseria sopa no mel. Ele é o Pelé dos cavalos", afirmou Neco. Rodrigo, no entanto, só pensa em aprimorar Rufus paradeixá-lo em condições de saltar uma Olimpíada. "Só monto o Rufus desde janeiro desse ano. Ele estáprogredindo muito e rápido. Ainda está um ponto abaixo deOlimpíada, mas a previsão é boa," comentou Rodrigo. A medalha de ouro por equipes praticamente confirmou osrepresentantes brasileiros para Pequim, restando mais uma vezuma vaga de titular a ser decidida pelos cavaleiros que vivemno Brasil. Rodrigo defende que quem aspira ir à Olimpíada vácompetir na Europa. "Tem que treinar na Europa para ter desempenhointernacional. O que a gente tem na Europa a gente já sabe.Agora tem que ter mais gente para montar lá fora para formarmosum grupo competitivo", disse Rodrigo. Neco acha que o Pan mostrou que os três cavaleiros quetreinam com ele na Bélgica -- Rodrigo, Pedro Veniss e BernardoRezende -- têm cavalos para a Olimpíada e que é preciso definirlogo outros conjuntos fortes. "Depois de 31 de dezembro, (o cavaleiro para ir àOlimpíada) não pode mais mudar de cavalo. Quem não tem cavalohoje, como vai ter em dezembro", indagou Neco, reforçando aposição dos cavaleiros que treinam na Europa e abrindo caminhopara mais uma polêmica na formação da equipe brasileira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.