Rodrigo e Baloubet terminam em 7.º

O cavaleiro Rodrigo Pessoa deixou escapar a chance do tetracampeonato da Copa do Mundo, neste domingo, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Montando Baloubet du Rouet, Rodrigo terminou em sétimo lugar (com 12 pontos perdidos) na competição vencida pela amazona Meredith Michaels Beerbaum, com o cavalo Shutterfly (4 pontos perdidos). Meredith é líder do ranking mundial.Desde 1987 uma amazona não vencia a Copa - a norte-americana naturalizada alemã é a terceira mulher na história a ganhar o título. Para Rodrigo, resta esperar que seja marcada a data da cerimônia de entrega, em Brasília, da medalha de ouro olímpica. Rodrigo, que ganhou prata na Olimpíada de Atenas, em 2004, herdou o ouro depois da desqualificação do cavaleiro irlandês Cian O?Connor por doping do cavalo Waterford Crystal. Desde que O?Connor decidiu não recorrer da sentença da Federação Eqüestre Internacional, Rodrigo espera que o Comitê Olímpico Internacional receba a medalha de volta para que seja entregue a ele. Rodrigo deve ir a Porto Alegre no próximo fim de semana para ser homenageado no concurso The Best Jumping.Neste domingo, o conjunto formado por Rodrigo e Baloubet entrou no Grande Prêmio em quarto lugar, com 4 pontos perdidos, somados os resultados das provas de quinta e sexta-feira. Estava atrás dos alemães Maredith, com zero ponto, Lars Nieberg e Alois Pollman-Schweckhorst, ambos com 3.O conjunto brasileiro foi um dos três entre os 25 competidores a completar o primeiro percurso da prova sem faltas - Meredith e Shutterfly foram penalizados com 4 pontos perdidos por causa de um obstáculo derrubado. Rodrigo e Meredith entraram para o segundo percurso em igualdade de condições (com 4 pontos perdidos). Mas Baloubet derrubou dois obstáculos e, com eles, o sonho do tetracampeonato. Rodrigo terminou em nono na prova, com 8 pontos perdidos que foram somados aos 4 que já tinha, totalizando 12.O inglês Michael Whitaker, com Portofino 63, venceu o Grande Prêmio deste domingo e foi vice-campeão da Copa do Mundo (7 pontos perdidos), com o alemão Lars Nieberg e Lucie 55 em terceiro (9 pontos perdidos).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.