Roger Federer recebe homenagem e vira selo na Suíça

O tenista Roger Federer, número 1 do mundo, recebeu nesta terça-feira uma homenagem pelos seus serviços prestados no esporte até o momento. Na cidade de Basiléia, os Correios da Suíça lançaram um selo com a figura de Federer, que terá o valor de um franco suíço - equivalente a R$ 1,66. Essa é a primeira vez na história que o governo local presta uma homenagem para alguém em vida."É um grande acontecimento. Estou orgulhoso de ser um símbolo como os canivetes suíços e as montanhas [se referindo aos Alpes]", disse Federer. Na foto que estampa o selo, o tenista está levantando o troféu do Aberto de Wimbledon, na Inglaterra, torneio que já conquistou por quatro vezes (2003, 2004, 2005 e 2006).Em fevereiro deste ano, Federer conseguiu quebrar um recorde mundial que pertencia ao norte-americano Jimmy Connors ao alcançar 161 semanas consecutivas na liderança do ranking da ATP.Para o diretor-geral dos Correios suíço, Ulricj Gygi, a personalidade e o currículo esportivo de Federer já são suficientes para justificar a homenagem, mesmo quebrando a regra de que nenhuma pessoa ainda viva possa aparecer em um selo. "Este homem excepcional não é famoso apenas nas quadras. Sua simplicidade e seu caráter são exemplos para a juventude".

Agencia Estado,

10 de abril de 2006 | 15h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.