Ronaldinho joga 8 minutos. E faz golaço

Em baixa no Milan, astro entra no fim e deixa a sua marca na vitória por 2 a 0 sobre o Auxerre, que classifica a equipe

, O Estado de S.Paulo

24 de novembro de 2010 | 00h00

PARIS

A quinta e penúltima rodada da primeira fase da Copa dos Campeões da Europa foi especial para Milan e Roma. Jogando na França, a equipe milanesa obteve ótimo resultado, ao vencer o Auxerre por 2 a 0. Os gols foram marcados pelo sueco Ibrahimovic e Ronaldinho Gaúcho, que entrou apenas aos 40 minutos da etapa final. O do brasileiro foi belíssimo. O meia-atacante, após o lance, recebeu os cumprimentos dos companheiros e, certamente, recuperará um pouco do prestígio perdido recentemente. Embora convocado para a seleção brasileira para o amistoso contra a Argentina, na semana passada, o craque anda em baixa na Itália, por causa de suas atuações fracas e por ter voltado para casa de madrugada na sexta-feira.

Com mais esse triunfo, o time italiano garantiu vaga nas oitavas de final da competição, com o segundo lugar no Grupo G.

O Milan chegou aos oito pontos e não pode mais ser alcançado pelo holandês Ajax, que perdeu para o Real Madrid por 4 a 0 em casa. Benzema, Arbeloa e Cristiano Ronaldo (2) fizeram os gols da equipe espanhola, que soma 13 pontos e tem garantida a liderança do grupo. Agora, os comandados do técnico José Mourinho vão se concentrar no grande clássico contra o Barcelona, pelo Campeonato Espanhol, na segunda-feira.

Em Roma, pelo Grupo E, a Roma conseguiu uma espetacular virada por 3 a 2 sobre o Bayern de Munique. Os italianos somam 9 pontos, contra 12 do Bayern. O Basel derrotou o Cluj por 1 a 0 e tem seis pontos.

O atacante Mario Gomez abriu vantagem de 2 a 0 no primeiro tempo para o Bayern, que vinha de quatro vitórias consecutivas na Copa. A virada surgiu no segundo tempo com gols de Borriello, Rossi e Totti (pênalti), a seis minutos do fim da partida.

No Grupo F, o Chelsea manteve 100% de aproveitamento ao conseguir a quinta vitória consecutiva. Ela surgiu de virada diante do fraco eslovaco Zilina, no Stamford Bridge. Bello abriu o placar para o Zilina, aos 19 minutos de jogo. Sturridge empatou para a equipe inglesa aos 6 minutos da etapa final. O gol da vitória foi marcado pelo francês Malouda, aos 41 minutos.

A segunda vaga da chave ficou mais perto do Olympique de Marselha, que bateu o Spartak, em Moscou, por 3 a 0. Valbuena, em bonita virada, abriu o placar aos 18 minutos da primeira etapa. Remy fez o segundo em jogada inusitada aos nove minutos do segundo tempo. Ele tentou chutar e acabou dando um chapéu espetacular no zagueiro para na sequência finalizar para o gol. O brasileiro Brandão definiu o placar, aos 23.

No Grupo H, o Braga se vingou da goleada de 6 a 0 na primeira rodada sofrida para o Arsenal, na Inglaterra, e venceu o adversário em seu campo por 2 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.