Ronaldinho: ''''Kaká é o melhor do mundo''''

Craque do Barcelona aposta em vitória do amigo na eleição da Fifa

Jamil Chade, Sílvio Barsetti e Bruno Lousada, O Estadao de S.Paulo

11 de outubro de 2007 | 00h00

Kaká, Ronaldinho Gaúcho e Juninho Pernambucano são os três brasileiros na disputa de melhor jogador do mundo de 2007. A Fifa anunciou ontem a lista dos 30 destaques da temporada, e o ganhador do prêmio será conhecido no dia 17 de dezembro, na Suíça. O atual vencedor é o zagueiro italiano Fabio Cannavaro. Desta vez, as possibilidades de o troféu voltar para o Brasil são grandes - Ronaldinho ganhou em 2004 e 2005. O favorito à conquista é Kaká. E, ontem, recebeu importante apoio. Apesar de concorrente, Ronaldinho declarou que votaria no meia do Milan. ''''O Kaká é o melhor do mundo, ele merece por tudo o que tem feito na temporada'''', comentou. ''''O Kaká vem jogando muito bem, destoando, e a imprensa toda da Europa tem convicção de que ele vai levar essa.'''' nomeRonaldinho, assim, já se mostra conformado com o fato de que o prêmio de 2007 não deve ficar em suas mãos. E isso não o incomoda. Já conquistou a deferência por duas vezes e espera brigar de novo a partir do ano que vem para voltar ao topo. Seu ano com o Barcelona não foi dos melhores. A equipe deixou escapar o título espanhol e foi eliminada precocemente da Copa dos Campeões da Europa.Kaká demonstra clara ansiedade pela chegada do dia do anúncio do vencedor. No ano passado, foi prejudicado pelo pífio desempenho da seleção na Copa do Mundo. ''''É a maior conquista individual que um jogador pode alcançar'''', afirmou.Na Europa, todas as atenções estão voltadas para o ex-são-paulino, já eleito melhor jogador em 2007 por seus colegas futebolistas da entidade FIFPro. O brasileiro foi ainda o artilheiro da Copa dos Campões e melhor jogador do torneio, vencido pelo Milan. De acordo com comunicado da Fifa, ''''Kaká vem tendo um magnífico 2007''''. A entidade lembrou, no entanto, que o craque não atuou na Copa América, em que a taça ficou com o Brasil.As poucas ameaças a Kaká, segundo a imprensa européia, são o português Cristiano Ronaldo, do Manchester United, e o argentino Lionel Messi, do Barcelona. Na relação dos 30, aparecem nomes como os do ex-corintiano Carlos Tevez, atualmente no Manchester. A presença de Juninho Pernambucano foi surpresa para o próprio atleta. ''''Não esperava (a indicação), ainda mais estando ao lado de jogadores que são superstars do futebol, como Ronaldinho Gaúcho e Kaká'''', disse o meia do Lyon.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.