Ronaldinho nega ter exagerado em festa no Rio

Jogador participou de celebração após empate sem gols contra a Bolívia na última quarta no Engenhão

Agencia Estado

16 de setembro de 2008 | 17h17

Ronaldinho negou nesta terça-feira que ficou até o início da manhã seguinte em uma festa no Rio de Janeiro logo após o empate sem gols entre Brasil e Bolívia, no Engenhão, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010, na última quarta-feira.Veja também: Depois de fiasco no Engenhão, jogadores caíram na festa CSF anuncia árbitros de próximos jogos das Eliminatórias Dê seu palpite no Bolão Vip do LimãoO jogador brasileiro teve que dar explicações para Adriano Galliani, vice-presidente do Milan, nesta terça-feira. Ronaldinho admitiu que participou de uma festa depois da partida, mas garantiu que foi embora às duas horas da manhã.Para celebrar mais uma curta passagem pelo Rio, jogadores da seleção brasileira passaram toda a madrugada da última quinta-feira num sítio localizado numa área de difícil acesso, na Estrada do Pau Ferro, em Jacarepaguá, Zona Oeste da cidade.Três dias depois da festa , no domingo, atuou pelo Milan (derrota para o Genoa por 2 a 0, pelo Campeonato Italiano) e acabou substituído no intervalo, pois teve rendimento apagado no primeiro tempo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.