Ronaldo espera jogar só uma vez por semana

Lesão na panturrilha preocupa. Não atua amanhã e é dúvida para quarta

Fábio Hecico, O Estadao de S.Paulo

22 de maio de 2009 | 00h00

Ronaldo está em alerta com as dores na panturrilha direita. Ele tem uma lesão, calculada por ele de um centímetro na perna e, apesar de uma ultrassonografia realizada ontem pela manhã ter acusado "contratura leve", o Fenômeno pretende diminuir a série de jogos no Corinthians. "O ideal é jogar apenas uma vez por semana", afirmou, ainda no vestiário do Maracanã, quarta-feira, logo após revelar o problema médico. Visite o canal do Brasileiro e veja mais notícias do CorinthiansRonaldo está fora contra o Barueri amanhã no Pacaembu, pelo Brasileiro, e ainda não tem presença confirmada para o jogo de quarta-feira no Maracanã, contra o Vasco, pela semifinal da Copa do Brasil. "Para sábado (amanhã) ele já está fora e a possibilidade de jogar no Rio é muito pequena", afirmou Joaquim Grava, consultor médico do Corinthians e um dos grandes responsáveis pela contratação do jogador. "Realmente a contratura é leve, mas pode se tornar moderada ou grave se não for bem tratada", disse.O Fenômeno sentiu a lesão num treino de arrancada no dia 12, véspera do primeiro duelo com o Fluminense. Fez tratamento e pôde jogar. Era decisão. A pergunta, então, é se não houve erro em escalá-lo diante do Botafogo, no domingo. O Corinthians garante que não."Aparentemente ele não tinha nada, fizemos um exame e nada ficou constatado que pudesse limitar seus movimentos", disse Grava. O próprio Ronaldo revelou para amigos que estava bem para encarar o Botafogo. Após o jogo, contudo, voltaram as dores. "Essa pequena contratura me limitou nas arrancadas", não esconde Ronaldo. "E jogar assim complica."O fato de o jogo de ida ser no Rio pode fazer a comissão técnica corintiana optar por deixá-lo em São Paulo em tratamento.A forma física do atacante também preocupa. Ronaldo revelou, na semana passada, que está com 93 quilos. Já teria chegado aos 89 no clube, mas a gripe da semana passada o atrapalhou nos treinos. Segundo ele, o ganho de peso deu-se por causa de uma retenção de líquido.Ronaldo realmente ficou de fora de algumas atividades, não vem participando dos rachões e, por isso, aparenta ter ganhado alguns quilos. Mas nada o atrapalha mais que as dores.Como os dirigentes do clube sempre se reúnem com o jogador para definir a programação, o corintiano pode não vê-lo em ação em pelo menos dez jogos até o fim da temporada. Só no Campeonato Brasileiro são oito rodadas de meio de semana que podem não contar com a presença do ídolo alvinegro.Vale lembrar que Ronaldo disse ser apenas uma opinião sua o fato de preferir jogar uma vez por semana. Desde sua chegada, em nenhum momento questionou as decisões do técnico Mano Menezes e sempre esteve à disposição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.