Ronaldo joga em busca de ritmo

Após atuação apagada em Bogotá, Fenômeno treinou e deve pegar o Santo André em Barueri para melhorar a forma

Bruno Deiro, O Estadao de S.Paulo

14 de março de 2010 | 00h00

Em meio a duas partidas fora de casa pela Libertadores, o Corinthians joga hoje contra um adversário embalado no Paulista. Na Arena Barueri, às 19h30, o time deve ter força máxima para tentar encerrar a série de sete vitórias seguidas do Santo André, segundo colocado no Estadual.

Ronaldo precisa ganhar ritmo e, por isso, vai para o jogo. Apagado em suas últimas apresentações, o Fenômeno treinou com os titulares ontem e deve disputar pelo menos parte do confronto em Barueri, visando à preparação para pegar o Cerro Porteño, em Assunção, na quarta-feira.

O técnico Mano Menezes, que vinha promovendo um rodízio por razões técnicas, hoje não tem escolha. Vão a campo somente aqueles que têm condições de atuar, após o desgaste no empate por 1 a 1 em Bogotá, com o Independiente de Medellín.

Ontem, no último treino antes da partida, Mano colocou quase todo o time para treinar no Parque São Jorge. O lateral-direito Alessandro, que ainda sente dores na coxa esquerda, foi poupado novamente e nem sequer foi relacionado. Além dele, Tcheco também ficou de fora da lista por causa de dores musculares e Danilo não jogará por conta do esgotamento que sofreu em Bogotá. Outro que desfalca o time é Defederico, que segue tratando um problema no púbis.

Dentinho, o herói da partida na Colômbia, deve estar em campo. Só atuou nos 15 minutos finais contra o Independiente, tempo suficiente para fazer um golaço e garantir a igualdade. Marcou nos quatro últimos jogos do time e retomou o prestígio com a torcida.

Mesmo tendo a Libertadores como prioridade, os corintianos reconhecem que um tropeço em Barueri pode complicar a equipe na reta final do Estadual. "A primeira fase do Paulista está quase acabando e, se quisermos pensar em classificação, essa é uma partida que precisamos vencer de qualquer jeito", disse o goleiro Felipe, um dos que devem estar em campo hoje.

Além dele, Elias, Jorge Henrique e Roberto Carlos afirmaram após o jogo na Colômbia que gostariam de atuar contra o Santo André. Ontem, Mano treinou a equipe com os três e colocou a dupla de zaga titular.

Na equipe do ABC, a sensação é Rodriguinho, o artilheiro do time no Paulista, com 10 gols. Um dos responsáveis pela reação do Santo André na competição, o atacante mostrou que não treme diante dos grandes. Marcou um contra o Santos e brilhou com dois na vitória por 3 a 1 sobre o Palmeiras, em pleno Palestra Itália, com direito a gol de letra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.