Rosell diz que deseja concorrer à reeleição no Barcelona

Atual presidente do Barcelona, Sandro Rosell anunciou nesta quinta-feira que vai se candidatar a um novo mandato no comando do clube em 2016. O dirigente foi eleito presidente da equipe em 2010. Antes, fez parte da diretoria do ex-presidente Joan Laporta, mas renunciou ao seu cargo em 2005.

AE, Agência Estado

18 de abril de 2013 | 14h57

Sob a presidência de Rosell, o Barcelona já faturou um título da Liga dos Campeões da Europa, um Campeonato Espanhol e uma Copa do Rei. Nesta temporada, o time está com a conquista do título espanhol encaminhada. Além disso, inicia na próxima semana a disputa das semifinais da Liga dos Campeões da Europa.

O Barcelona é uma sociedade e os seus donos são milhares de sócios que elegem seu presidente e a diretoria. Na última eleição, Rosell foi eleito com 61% dos votos, superando a concorrência Agustí Benedito, Jaume Ferrer e Marc Ingla. "Minha intenção é me apresentar à reeleição e pedir ao sócio que continue me dando confiança para terminar os desafios que iniciamos", anunciou Rosell.

"Juntos podemos construir o futuro que o clube merece. Queremos continuar sendo um clube de referência pelo seu jogo, sua gestão, seus valores, porque ele se preocupa com o seu país e porque ele quer ajudar as crianças e jovens. Queremos continuar crescendo. Estamos no caminho certo e temos o maior entusiasmo pelo presente e pelo futuro que nos espera", disse.

Rosell é formado em administração e, além dos trabalhos no Barcelona, atuou no Departamento de Marketing dos Jogos Olímpicos de 1992, realizados em Barcelona. Ele é acusado de fraude na organização de um amistoso entre Brasil e Portugal, disputado em 2008 no Estádio Bezerrão, em Brasília.

Tudo o que sabemos sobre:
futbolBarcelonaSandro Rosell

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.