Rossi lidera 1.º dia de treinos da MotoGP na Catalunha

O italiano Valentino Rossi foi o mais rápido do primeiro dia de treinos da etapa da Catalunha do Mundial de MotoGP, nesta sexta-feira, ao liderar a segunda sessão livre para a prova deste domingo. O piloto da Yamaha cravou o tempo de 1min42s297 e ficou logo à frente do espanhol Jorge Lorenzo, seu companheiro de equipe, enquanto a terceira posição ficou com o também espanhol Dani Pedrosa, da Honda, atual líder do campeonato.

AE, Agência Estado

14 de junho de 2013 | 11h44

Rossi foi apenas 49 milésimos de segundo mais rápido do que Lorenzo, que liderou o primeiro treino livre do dia. Dono de sete títulos mundiais da maior categoria da motovelocidade, o italiano também festejou o fato de que pela primeira vez foi o mais rápido de uma sessão desde quando retornou à Yamaha, equipe que deixou no final de 2010, antes de disputar duas temporadas pela Ducati.

O quarto melhor tempo do dia na Espanha ficou com o britânico Cal Crutchlow, da Yamaha, seguido pelo espanhol Álvaro Bautista, da Honda, que obteve a quinta marca mais veloz desta sexta na primeira sessão livre, na qual chegou a sofrer uma queda.

Já o espanhol Marc Márquez, também da Honda, fechou o dia com o sexto lugar, resultado abaixo do que esperava correndo em casa. O norte-americano Nicky Hayden, da Ducati, ficou em sétimo, mas chamou a atenção principalmente por ter batido o recorde de velocidade máxima do circuito da Catalunha. Ele chegou a atingir 339,4 km/h, sendo que o antigo detentor do recorde, obtido em 2004, era o brasileiro Alexandre Barros.

O italiano Andrea Dovizioso, da Ducati, o alemão Stefan Bradl, da Honda, e o espanhol Aleix Espargaró, da Aspar, fecharam, nesta ordem, o grupo dos dez mais rápidos do dia em Barcelona.

A etapa da Catalunha, a sexta deste Mundial, contará com mais dois treinos livres neste sábado e a sessão classificatória para o grid a partir das 9h10 (horário de Brasília). A corrida deste domingo está marcada para começar às 9 horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.