Rossi passa bem depois de ter ombro operado na Itália

O italiano Valentino Rossi foi submetido a uma cirurgia no último domingo, em Milão, por causa de uma lesão no ombro que ele sofreu em abril e só pôde ser tratada de forma definitiva agora. Para não comprometer a sua participação no Mundial de MotoGP deste ano, o fenômeno do motociclismo resolveu ser operado apenas depois do término do campeonato, no qual ele encerrou na terceira colocação no geral.

AE, Agência Estado

15 de novembro de 2010 | 18h21

Rossi passa bem depois da cirurgia e o período estimado de recuperação é de 90 dias. Segundo os médicos que operaram o piloto, o italiano foi muito corajoso por ter seguido competindo na MotoGP. "O estado do ombro era mesmo crítico: o Valentino teve mesmo de ser muito forte para continuar a correr com uma lesão destas", disseram os médicos Alex Castagna e Giuseppe Porcellini, em comunicado assinado em conjunto, que foi reproduzido pelo site oficial da MotoGP.

Apesar dos 90 dias previstos para recuperação, os médicos disseram que tentarão "fazer o melhor para responder às necessidades do piloto", que espera poder estar competindo antes deste período. Ele acaba de trocar a Yamaha pela Ducati na MotoGP e quer iniciar o mais breve possível os treinos para a temporada de 2011 da categoria.

O problema no ombro foi o segundo mais sério vivido por Rossi apenas na temporada de 2010. Em junho, ele sofreu uma fratura na perna que acabou o deixando de fora da briga pelo título mundial, conquistado pelo espanhol Jorge Lorenzo. O vice-campeão foi o também espanhol Dani Pedrosa.

Tudo o que sabemos sobre:
MotoGPValentino Rossicirurgiaombro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.