Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Rossi voa baixo e faz história

Italiano obtém 69.ª vitória, recorde nas 500cc, dispara na liderança e fica a um pódio do hexa

Lucas Frasão, O Estadao de S.Paulo

15 de setembro de 2008 | 00h00

Chuva e vento forte não impediram Valentino Rossi de deslizar a 300 quilômetros por hora e vencer ontem o Grande Prêmio de Indianápolis, nos Estados Unidos. O resultado garantiu ao italiano o recorde histórico de 69 vitórias na MotoGP (antiga prova das 500 cc), que pertencia desde 1976 a seu conterrâneo Giacomo Agostini, vencedor de 68 corridas e 8 vezes campeão mundial da categoria.A conquista de Rossi coroa uma ótima fase de sua carreira. Ontem, o piloto da Fiat e Yamaha confirmou o favoritismo no circuito de Indianápolis e disparou na liderança do campeonato. Ele alcançou os 287 pontos e agora está praticamente com a mão na taça.Rossi só não venceu o torneio por antecipação porque seu rival, o australiano Casey Stoner, da Ducati, terminou a prova em quarto lugar e também pontuou. Dessa forma, subiu para 200 pontos e mantém a segunda posição na classificação geral da competição.Ao vencer ontem a 14ª etapa do campeonato, Valentino Rossi também cravou sua quarta vitória seguida - a sétima na temporada, contra quatro de Stoner. Isso porque só conseguiu garantir duas vezes a largada na pole position: em junho, no Grande Prêmio da Itália, e ontem, em Indianápolis. No sábado, Rossi fez o melhor tempo e desbancou o rival Stoner.Mesmo largando na frente, o italiano caiu para o quinto lugar logo no início da prova. Ele conseguiu se recuperar e assumiu novamente a ponta na metade da corrida, após travar um duelo acirrado contra o piloto da casa, o americano Nicky Hayden.Na segunda posição até o fim, Hayden suportou bem a pressão do espanhol Jorge Lorenzo, mas desceu da moto mancando por conta do esforço durante a prova. Agora, soma 104 pontos e está em oitavo lugar na classificação. Companheiro de equipe de Rossi, Lorenzo terminou em terceiro lugar e computou 156 pontos - quarto colocado no quadro geral. O terceiro lugar da tabela pertence ao espanhol Dani Pedrosa, da Honda, que tem 193 pontos e terminou ontem em oitavo.Rossi estava preocupado com as condições climáticas em Indianápolis. Depois da prova, ele admitiu que nunca havia corrido com o tempo naquelas condições. "Havia muita água e o vento estava muito ruim." Com chuva e ventos de 40 a 70 quilômetros por hora, o juiz da corrida decidiu hastear a bandeira vermelha sete voltas antes do final previsto. Rossi, portanto, venceu sem cruzar a linha de chegada, e terminou a corrida em 37min20s095.O tempo ruim continuou e, por isso, a disputa das 250 cc, que seria realizada na seqüência, teve de ser cancelada.Para Valentino Rossi, porém, o clima só tende a melhorar. O italiano, sete vezes campeão mundial (cinco só na MotoGP), precisa de apenas um ponto para levar o título de 2008 - e o hexacampeonato. Objetivo que ele deve conquistar com facilidade na próximo GP, que será realizado no dia 28, em Montegi, no Japão. COM AGÊNCIAS.NÚMEROS287 Pontosé o que Valentino Rossi tem na liderança da MotoGP 1 é tudoo que ele precisa para levar o título de 2008

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.