Rubinho evita criticar pancadas e visa evolução na Stock

Depois de chegar a reclamar, via rádio do seu carro, do grande número de pancadas que tomou durante a etapa de Brasília da Stock Car, Rubens Barrichello acabou abandonando a prova por causa da quebra de sua suspensão traseira, danificada em razão das batidas. Após a corrida deste domingo, porém, o piloto mostrou bom humor ao comentar o fato. "Na próxima vou com colete à prova de bala", disse.

AE, Agência Estado

11 de novembro de 2012 | 18h42

O experiente piloto, que é um novato da Stock Car depois de ter disputado a sua temporada de estreia na Fórmula Indy, evitou criticar outros competidores e admitiu que ainda está em uma fase de conhecimento da maior categoria do automobilismo brasileiro. E ele espera chegar em melhores condições na Corrida do Milhão, que fechará a temporada da Stock, em São Paulo, no próximo dia 9 de dezembro.

"Foi um fim de semana muito legal, no qual melhorei minha posição de largada. A corrida foi muito movimentada, mas não tenho de levar para o lado negativo das situações que aconteceram. Mas fui indo para trás devido às pancadas. Foi uma situação difícil porque o pessoal estava agitado e a minha suspensão quebrou por que se fragilizou de tantas batidas. É uma pena porque foi minha segunda corrida aqui. Eu melhorei, mas ainda vou ter de entender como esse é o ritmo de corrida. Tentar desviar, porque tem alguns que dão mais trabalho que os outros em termos de pancada, e procurar melhorar em São Paulo", projetou.

Rubinho se mostrou impressionado com o grande número de toques entre o carros da Stock, que acabaram sendo decisivos para que ele não tivesse bom desempenho nas suas duas primeiras corridas nesta categoria - na anterior, em Curitiba, Barrichello ficou em 22.º lugar. "Quero olhar isso como uma coisa da natureza dessas corridas. Aprender a deixar o carro intacto, porque essas pancadas têm quebrado muito o carro. Na corrida passada fechou o escapamento, nessa a suspensão quebrou com tudo", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
Stock CarRubens Barrichello

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.