Rudisha diz que tentará quebrar recorde nesta quinta

O campeão olímpico David Rudisha afirmou que pretende quebrar o recorde mundial dos 800 metros nesta quinta-feira, quando participará da sua última prova na temporada, a etapa de Zurique da Diamond League. O queniano declarou que vai "tentar e ver se é possível" correr mais rápido do que a marca de 1min40s91, estabelecida por ele nos Jogos Olímpicos de Londres.

AE-AP, Agência Estado

29 de agosto de 2012 | 11h38

"Isso é o que eu estou procurando. Sendo esta a minha última corrida da temporada, acho que eu só posso querer dar o meu melhor", disse Rudisha, de 23 anos, que contará com o auxílio de Sammy Tangui, seu companheiro de treinos, na prova de quinta-feira.

"A última volta eu faço sozinho", disse Rudisha, que vai competir pela primeira vez desde a conquista da medalha de ouro em Londres e já participou de outras 10 provas neste ano. "Cada corrida é importante na nossa temporada e queremos sempre fazer o melhor o tempo todo", disse.

As condições climáticas em Zurique, porém, podem atrapalhar Rudisha a obter um novo recorde. A previsão para a quinta-feira é de chuva e temperatura de 15ºC. "O tempo desempenha um papel muito grande", reconheceu Rudisha, que venceu suas duas competições anteriores em Zurique. "Eu corro poucas corridas na chuva e no frio".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.