Marco Vasini/AP
Marco Vasini/AP

Rússia atropela Brasil e é campeã no futebol de areia

Seleção perde de 12 a 8 na final da Copa do Mundo, em Ravenna, na Itália

AE, Agência Estado

11 de setembro de 2011 | 15h48

RAVENNA - O Brasil foi surpreendido pela Rússia e acabou com o vice-campeonato da Copa do Mundo de Futebol de Areia, em Ravenna, na Itália. Com um futebol irreconhecível, que nem de longe lembrou a equipe que se acostumou a dominar o esporte, a seleção do técnico Alexandre Soares sofreu uma goleada história, por 12 a 8, neste domingo.

Logo no início do jogo, o time russo partiu para cima e abriu 3 a 0. Com uma tática ousada, na qual mudou a formação da equipe três vezes em quatro minutos, o técnico Mikhail Likhachev surpreendeu os brasileiros, que não se encontravam em quadra. André, com um gol de pênalti e outro de falta, diminuiu o placar ainda no primeiro período, mas, logo no início da segunda etapa, Eremeev aumentou a vantagem, de bicicleta.

Foi justamente no segundo período que a Rússia praticamente decidiu a vitória. Eremeev novamente, Makarov, duas vezes, Shishin, e um gol contra de Betinho, fizeram com que os europeus fossem para o terceiro tempo com uma vantagem de 9 a 4 - Betinho e Sidney marcaram para o Brasil.

No último período, André chamou a responsabilidade e tentou recolocar o time brasileiro na partida, anotando quatro gols. Mas já era tarde, e os russos conseguiram administrar a vantagem e marcaram mais três gols - duas vezes com Shishin e uma com Leonov.

Com a derrota, o sonho do pentacampeonato mundial do Brasil ficou para a próxima edição do torneio, em 2013, no Taiti. Já a Rússia conquistou seu primeiro título da competição. O consolo brasileiro ficou por conta de André, que com os seis gols marcados neste domingo superou o português Madjer e terminou como artilheiro, com 14 bolas na rede.

Tudo o que sabemos sobre:
futebol de areiaMundialBrasilRússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.