Rússia desiste de boicotar os Jogos

A Rússia desistiu do boicote às Olimpíadas de Inverno de Salt Lake City. Em entrevista na tarde desta sexta-feira à agência russa Itar-Tass, o presidente do Comitê Olímpico Russo, Leonid Tyagachev, disse que recuou da intenção de abandonar as competições "em respeito à equipe masculina de hóquei sobre o gelo", que na noite de hoje enfrenta os Estados pelas semifinais do torneio. A possibilidade de boicotar os Jogos em sinal de protesto estava sendo analisada desde o início da manhã. Os russos acreditavam estar sendo sistematicamente prejudicados pela arbitragem. Além disso, questionavam os métodos de controle de doping usados pelo COI.Os problemas com os russos começaram na semana passada, quando os juízes decidiram entregar medalhas de ouro para duas duplas numa prova de patinação artística. A dupla russa venceu a prova, mas em seguida, teve de compartilhar o pódio com uma dupla canadense.Em seguida, veio o problema com o patinagem artística para mulheres. A Federação exigia medalha de ouro para a moscovita Irina Slutskaya, derrotada na final pela norte-americana Sarah Hughes por um voto de diferença. Os russos entendiam que os juízes foram parciais e beneficiaram a americana. Em nota oficial, a Federação Russa afirma que "a qualificação não objetiva" viola as regras da União Internacional de Patinação Artística.O assunto ganhou as esferas governamentais. Ainda pela manhã, o ministro de Assuntos Exteriores de Rússia, Igor Ivanov, manifestou sua ?profunda preocupação? pelo clima hostil criado contra os russos, segundo ele, ?vítima de pontuações e arbitragens discutíveis e controles antidopagem seletivos?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.