Rússia é campeã do Troféu Mundial de nado sincronizado

Favoritas só comemoraram o título após a apresentação da Espanha, a vice campeã; Brasil é sexto

Jornal da Tarde

14 de outubro de 2007 | 17h25

Com duas notas dez na rotina livre combinada, a Rússia mostrou por que é bicampeã olímpica no nado sincronizado. Neste domingo, no encerramento do 2.º Troféu Mundial da modalidade, disputado no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro, a equipe européia faturou o segundo título consecutivo da competição da Federação Internacional de Natação.As russas chegaram ao último dia de provas três décimos atrás da Espanha na classificação geral - foram superadas na disputa por equipes. Tensas, as russas entraram na água concentradas e mesmo embaladas pelo público não comemoraram a apresentação impecável. Só sorriram quando as notas da Espanha foram divulgadas, já que o país foi o último a se exibir. "Fiquei nervosa como na Olimpíada! Não esperava e isso mostrou que preciso me preparar melhor. O programa da Espanha para a equipe é realmente muito interessante. Para Pequim todas as coreografias serão novas", avisa Tatiana Pokroviskaya, técnica da Rússia.O tema da apresentação da equipe campeã foi uma mistura de músicas clássicas. Já a Espanha, foi embalada pelo musical "Cats", da Broadway. Na classificação geral, a Espanha ficou em segundo lugar, seguida pelos Estados Unidos. O Brasil foi sexto. O próximo desafio das atletas do nado sincronizado é o Pré-Olímpico de Pequim, em março. A competição distribuirá oito vagas por equipes e 14 para os duetos para os Jogos da China.

Tudo o que sabemos sobre:
nado sincronizado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.